A TeliaSonera chegou a acordo com a France Telecom para aquisição da operação dinamarquesa da Orange por um valor próximo dos 600 milhões de euros. O negócio permitirá à operadora aumentar a quota de mercado no país onde existiam até à data quatro concorrentes e aproximar-se do 1,1 milhões de utilizadores, passando a ocupar o terceiro lugar no ranking dinamarquês de operadores móveis.



Com a aquisição. a TeliaSonera adiciona à sua base 605 mil novos clientes, que junta aos 556 mil a que já assegurava serviço. Em comunicado as empresas estimam que os custos de transferência de tráfego e clientes, inerentes à fusão, rondem os 73 milhões de euros.



No que respeita às poupanças estimadas as companhias apontam para 66 milhões de euros, depois atingido o período de estabilização em 2006. Em termos de Capex estima-se que as poupanças atinjam os 2,7 milhões de euros anuais.



O negócio deve concretizar-se em finais de Outubro deste ano, depois de obtidas as autorizações regulatórias necessárias por parte da Comissão Europeia e do organismo regulador local. Segundo as empresas, o montante acordado será pago em dinheiro e ao valor final será subtraída a dívida líquida existente no momento de concretização do negócio.



A integração das duas empresas será feita por uma equipa constituída para o efeito, liderada pelo presidente da TeliaSonera. No comunicado, as operadoras afirmam que as linhas de produtos disponíveis actualmente, assim como as duas marcas, irão manter-se pelo menos até à Primavera de 2005.



Notícias Relacionadas:

2003-12-30 - TeliaSonera e Tele 2 compram licença 3G da Orange na Suécia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.