Foi anunciado ontem pelas TMN e OniWay a assinatura de um contrato de partilha de infra-estruturas e prestação de serviços de roaming nacional em regime de exclusividade para a rede GSM e a sua evolução em termos de comunicação de dados, o GPRS. Este acordo, cujo valor não foi divulgado, permite assim à OniWay avançar com a prestação de serviços antes do início da rede UMTS, a única para a qual tem uma licença de operação emitida pelo ICP.




O contrato entre as duas empresas foi estabelecido por um período de cinco anos e não antevê qualquer outro tipo de colaboração comercial. Em comunicado é referido que se espera uma redução do investimento da TMN e "melhoria na utilização e nos níveis de retorno dos investimentos actuais e futuros".




Para a OniWay esta é uma forma de começar uma operação comercial quando o UMTS foi já adiado por um ano para o último dia de 2002. Recorde-se que a OniWay foi a quarta operadora que obteve uma licença no concurso para a terceira geração de redes móveis e a única que não tinha licença para redes GSM.



Um pedido recente de uma licença própria para GSM foi recusado pelo Instituto de Comunicações de Portugal (ICP) que informou o operador para o "provável indeferimento do seu pedido", não tendo sido encontrado cabimento "nem na licença de que o operador é titular nem nas regras de atribuição de espectro para serviços GSM" (veja Notícias Relacionadas). Até à hora de publicação deste artigo, não foi possível contactar o ICP na tentativa de verificar se este acordo estará dentro das regras do mercado.




Recentemente têm surgido cada vez mais rumores sobre a possibilidade de fusão entre a Oni e a Sonae.com, sendo a primeira a principal accionista da OniWay e a segunda da Optimus. O acordo agora celebrado com a TMN poderá não invalidar este cenário, mas dá à Oni mais trunfos na área de comunicações móveis ao mesmo tempo que a torna já directamente concorrente da Optimus, a operadora de GSM que tem mais probabilidade de sentir o impacto da entrada de um novo operador no mercado.




Notícias Relacionadas:

2001-11-01 - Oni assume a participação da Impresa na OniWay


2001-10-24 - ICP e ministro do Equipamento autorizam adiamento do UMTS por um ano

2001-08-04 - ICP não encontra cabimento no pedido de frequência GSM pela Oniway

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.