Um estudo desenvolvido em parceria pelo Instituto Português de Qualidade, a Associação Portuguesa para a Qualidade e o Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação da Universidade Nova de Lisboa, indica que os consumidores portugueses estão, na generalidade, menos satisfeitos, face a 2006, com os serviços que usufruem nos segmentos da banca, seguros, comunicações, combustíveis, gás em garrafa e transportes de passageiros.



Os dados compilados indicam que as ofertas de televisão por cabo foram as que mais reclamações originaram no ano passado entre os 200 mil inquiridos (32,9 por cento), escreve o Jornal de Noticias com base num estudo ontem divulgado em Lisboa.



O segundo sector com o nível mais baixo de satisfação foi o dos transportes na área de Lisboa, com os piores resultados a serem potenciados pela forma como as reclamações dos consumidores são tratadas.



Por outro lado, o segmento do gás em garrafa foi o que obteve melhor desempenho entre os consumidores entrevistados (73,5 por cento), com a variável correspondente à variável a obter a maior quota face às restantes analisadas (71,1 por cento).



O sector das comunicações móveis obteve um grau de satisfação de 70 por cento, com a variável que relaciona a qualidade e o preço dos serviços a destacar-se, o que valeu a este segmento o segundo posto da tabela.



Notícias Relacionadas:

2007-05-08 - Portugueses pouco satisfeitos com os serviços de televisão por subscrição

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.