Um quarto das redes domésticas wireless são altamente vulneráveis a ataques de hackers, releva uma pesquisa realizada pela BitDefender, que embora tenha concluído que apenas 6 por cento das redes sem fios estão completamente desprotegidas, apurou uma percentagem bem menor de ambientes com proteção adequada.



A pesquisa mostra que 61 por cento das redes analisadas pela empresa de segurança estavam protegidas com recurso aos protocolos WPA ou WPA2. Já outras 19 por cento asseguram proteção através do protocolo (WEP), que é mais obsoleto mas continua a ser comum, pois assegura a compatibilidade com dispositivos mais antigos.



"O código WEP pode ser violado em menos de um minuto usando ferramentas livres facilmente disponíveis na Internet", explica Jocelyn Otero Ovalle, diretora de markteing da BitDefender para Portugal e Espanha.



"Mais do que isso, se as credenciais por defeito do router não tiverem sido modificadas na configuração inicial, é muito fácil para um atacante averiguar a palavra-chave do administrador e, assim, conseguir acesso permanente à rede", acrescenta a responsável.



A BitDefender apurou ainda um total de 11 por cento de equipamentos wireless com credenciais predeterminadas e registou outros 3 por cento com a SSID disfarçada para não aparecer na lista de redes wireless disponíveis.



No domínio empresarial, o estudo concluiu que 62 por cento das redes wireless tinham configurações baseadas em protocolos WPA/WPA2, 15 por cento continuavam a usar mecanismos de segurança WEP e 22 por cento não usavam nenhum mecanismo de proteção.



A investigação da empresa de segurança também visou restaurantes e bares, onde encontrou apenas proteções de segurança em 12 por cento das redes.



O estudo da BitDefender resulta da análise a 2.133 redes wireless de consumidores finais e empresas. Foi realizado entre os dias 22 de novembro de 2010 e 3 de outubro deste ano.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.