Um terço dos downloads de música já são feitos a partir do telemóvel afirmou ontem o responsável pela área de serviços da Nokia em Portugal, durante uma conferência que assinalou o primeiro ano da Music Store nacional.

O número avançado por Nicolau Mesquita revela um crescimento de 13 pontos percentuais face aos últimos dados disponibilizados no início de Abril pela directora de marketing da Nokia em Portugal, Filipa Appleton, que em entrevista ao TeK atribuía aos downloads feitos por esta via uma fatia de 20 por cento do total da música consumida através loja de música da fabricante.

O objectivo da marca de fomentar a "mobilidade", procurando promover o telemóvel como plataforma de acesso a um cada vez maior número de serviços online (ao invés do computador), ficou bem patente durante a conferência que antecedeu o concerto comemorativo do aniversário da Nokia Music Store.

Outros dos pontos destacados foi a aposta na música portuguesa, que os responsáveis encaram como um dos principais factores responsáveis pelo sucesso do projecto a nível local. Segundo explicaram, a empresa verificou que sempre que é disponibilizada uma nova oferta de artistas nacionais o número de acessos regionais aumenta significativamente.

Na mesma senda, avançaram ainda que a loja conta actualmente com uma oferta de música portuguesa correspondente a 80 por cento do catálogo nacional existente, o que representa "mais um objectivo cumprido" nesta área.

Entre as estratégias que têm ajudado a captar utilizadores estão as parcerias com músicos portugueses para disponibilização de conteúdos em exclusivo - ou em antecipação - através da loja, como aconteceu com os EasyWay e com Miguel Ângelo (ex-vocalista dos Delfins), que acaba de lançar um EP de dois temas que só estará acessível através do serviço da Nokia.

Disponibilizada em Março de 2009, com um acervo de 3 milhões de temas, a Nokia Music Store portuguesas conta actualmente com 7 milhões de faixas para download, das quais uma boa parte serão "made in Portugal", garantem os responsáveis pelo serviço. Ainda assim, não forneceram dados concretos a respeito do número ou percentagem de músicas nacionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.