Tal como era esperado, o ministro da Economia Carlos Tavares decidiu aprovar o adiamento por mais um ano do lançamento comercial da tecnologia móvel de terceira geração, vulgo UMTS, que fica agora oficialmente marcado para 31 de Dezembro de 2003.



Em despacho do passado dia 30 de Dezembro, Carlos Tavares referia que a sua decisão foi influenciada pelo parecer da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), que recomendava a prorrogação, até 31 de Dezembro da 2003, do início da exploração comercial da tecnologia UMTS.



Atendendo às razões invocadas pela Anacom, nomeadamente de efectiva indisponibilidade de equipamentos e interoperabilidade, entre outras, “decidiu o ministro da Economia seguir a referida recomendação”, refere-se na mesma nota.



No documento menciona-se ainda que a “prorrogação do prazo não constitui um entrave ao desenvolvimento dos projectos em curso designadamente, relativos à Sociedade de Informação”. “Na indisponibilidade da tecnologia UMTS, deverão os projectos, sempre que isso seja possível, ser levados a cabo sobre os sistemas GSM/GPRS”, refere o Ministro.



Notícias Relacionadas:

2002-12-13 - Adiamento do UMTS por mais um ano proposto ao Governo

2002-11-28 - Congresso APDC - Operadores móveis aceitam de bom grado adiamento do UMTS

2002-08-20 - Operadores portugueses discutem possível adiamento do lançamento comercial do UMTS

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.