A procura por infra-estrutura de redes wireless permanece forte, impulsionada pelo interesse continuado de empresas e utilizadores nas soluções móveis, apesar da queda de 22 por cento registada em 2002, indica a IDC.

A consultora diz esperar que as despesas anuais com infra-estrutura wireless e móvel cresça dos 38,3 mil milhões de dólares de 2002 para os perto de 49 mil milhões em 2007. Embora a ideia de redes de terceira geração tenha sido posta em causa no último ano, a sua utilização terá tendência a crescer largamente durante os próximos anos.


A crescente popularidade do MMS e do messaging de imagens, assim como a proliferação das WLANs públicas e dos chamados hotspots irá servir para legitimar a cultura de consumo de dados num ambiente móvel e disseminar a utilização de infra-estrutura de rede, indica a IDC.



Enquanto os serviços de dados móveis deverão continuar a ser o principal ponto de atenção, os tradicionais serviços de voz deverão atrair uma grande parte da quota gasta em infra-estrutura de rede, para investir tanto em mercados desenvolvidos como em vias de desenvolvimento.



Nas economias desenvolvidas, refere a IDC, os gastos relacionados com a voz serão impulsionados pela crescente importância da "Qualidade de Serviço", relacionada à oferta de voz. Nos mercados em vias de desenvolvimento, serão justificados pela procura massificada por conectividade de voz. As chamadas redes móveis de segunda geração e meia terão uma maior duração do que o inicialmente previsto pelos fornecedores de infra-estrutura.



Notícias Relacionadas:

2002-11-29 - 12º Congresso APDC - Players discutem futuro do mercado português de telecomunicações

2002-11-26 - 12º Congresso APDC – Ovum desenha cenário ideal para o sector das telecomunicações

2001-11-13 - Indústria de telecomunicações recupera no início de 2002

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.