A ligação foi realizada durante uma demonstração que incluiu a transmissão de ficheiros para um equipamento móvel Qualcomm Snapdragon X16 LTE pré-comercial, conforme explica a empresa numa nota de imprensa.

Na prática, o teste serviu para pôr à prova a capacidade da rede e verificar o impacto da velocidade conseguida no suporte às tarefas normais no acesso à internet. Foi possível, por exemplo, regista a empresa, “abrir uma página web de forma instantânea ou descarregar um vídeo Ultra HD/4K de 1GB em menos de dez segundos”.

A Vodafone garante que, com este teste, é um dos primeiros operadores europeus a atingir velocidades de Gigabits na sua rede LTE, muito próximas daquilo que será possível obter com o 5G, a próxima geração da tecnologia móvel, que deverá começar a chegar aos consumidores em 2020.

A operadora tem vindo a preparar as infraestruturas para atingir velocidades como a permitida pela demonstração hoje comunicada, por diferentes vias: atualizações de software, instalação de novas antenas com tecnologia 4x4MIMO, desenvolvimento de funcionalidades como a modulação de 256QAM (para transferências mais rápidas de informação) e pela agregação downlink de três portadoras de frequências. 

A demonstração realizada em Portugal envolveu também a Ericsson e a Qualcomm Technologies.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.