A Canon e a HP anunciaram hoje uma parceria para o mercado de impressão empresarial que pretende ajudar as duas empresas a alargar mercado e junta o know-how no desenvolvimento e comercialização de multifuncionais, assim como de soluções e serviços.

A propósito desta parceria o TeK colocou algumas questões por email a António Aleixo, Director da Canon Business Solutions em Portugal, pretendendo esclarecer alguns dos contornos desta associação entre as duas empresas que mais impacto sentiram com as perdas registadas no mercado de impressão, que, segundo a Gartner, atingiram os 24% na Europa.

TeK - Qual o impacto da parceria agora anunciada entre a Canon e a HP para o mercado português?
António Aleixo -
A Aliança ora iniciada é válida para a América do Norte e Europa, assim como para os clientes globais dessas duas regiões. Logo aplica-se e terá impactos no mercado Nacional.

Conforme já afirmado pela Canon Inc, com esta nova aliança com a HP, estamos seguros que ofereceremos as vantagens da alta versatilidade da Canon e alta-perfomance dos nossos produtos multifuncionais, a uma base alargada de clientes, esperando maximizar os benefícios dos nossos clientes, ao mesmo tempo que contribuímos para o crescimento da Canon e da HP.

[caption]Nome da imagem[/caption]

TeK - Quais são as expectativas em termos de vendas/conquista de novos clientes?

A.A. – Conforme já referido na questão anterior, esperamos em conjunto com a HP atingir uma base alargada de clientes, oferecendo novas soluções que combinam a qualidade superior dos sistemas e equipamentos multifuncionais e de processamento de imagem da Canon com a comodidade e facilidade da gestão de equipamentos na HP, integração em sistemas IT de tecnologias de informação e capacidades de workflow.

Os clientes Corporativos terão agora acesso à oferta mais completa na Indústria, com eficiência potenciada e controle de custos acrescidos.

TeK - Para além dos multifuncionais, que outros produtos e serviços abrange esta parceria?
A.A. -
Adicionalmente à relação OEM de anos entre a Canon e a HP, na área de impressoras a Laser, esta aliança permitirá à vendas directas da HP, alargar a sua oferta de produtos e incluir os Multifuncionais Profissionais da Canon actuais e de igual modo futuros lançamentos. A Canon garantirá todo o serviço e suporte a esses produtos. Adicionalmente as duas companhias colaborarão nas áreas de software e soluções e sistemas.

TeK - A Canon começou a trabalhar directamente este mercado profissional há cerca de ano e meio em Portugal, com novos produtos e serviços. Como avalia esta entrada numa conjuntura em que o mercado de impressão está a revelar fortes perdas (de 24% na Europa)?
A.A. -
A Canon em Portugal já é fornecedor deste tipo de produtos e soluções há vários anos, e não é um fornecedor recente, pelo que este novo canal traduzir-se-á seguramente num incremento de quota de mercado que já possuímos. As perdas a que se refere, são gerais na Indústria e resultado da situação económica mundial, que esperamos tenha solução rápida.

TeK - Esta parceria com a HP poderá ajudar a "dar a volta" a esta conjuntura?
A.A. -

Conforme dizia Einstein, "Loucura é continuar a fazer o mesmo e esperar um resultado diferente..."Há que "fazer as coisas" de um modo diferente Einstein também afirmou que "No meio das dificuldades reside a oportunidade". Estamos seguros que esta aliança é uma desses oportunidades, e conforme questiona, ajude a "dar a volta" a esta conjuntura...No entanto o que move fundamentalmente esta aliança, é o permitir aos clientes obter no
mercado, uma oferta tecnológica única, oferecida em conjunto por duas das mais conhecidas, conceituadas e respeitadas companhias, na área da impressão.

TeK - A estratégia da Canon é mais focada na PME ou nas grandes empresas? Sentem diferenças de comportamento significativas entre elas?
A.A. -
Temos uma estratégia transversal por canais distintos, de modo a abranger ambos, PME's e as Grandes Empresas.

O posicionamento directo ou indirecto, é fruto de uma análise de vantagens para os clientes, em conjunto com os beneficios para a Canon.

Claro está que as diferenças de comportamento, e existem, são o resultado de eventuais diferenças e valorização das referidas vantagens para cada um dos segmentos. No entanto verificamos também, um incremento de posicionamento
das PME's a aproximarem-se das Grandes Empresas, nomeadamente nos requisitos
exigidos e níveis de serviço pedidos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.