Jorma Ollila, presidente executivo da Nokia, anunciou que vai deixar o cargo que ocupou nos últimos 13 anos em Junho de 2006. Na sequência do anúncio, o quadro de directores da empresa designou Olli-Pekka Kallasvuo como o novo presidente executivo e CEO a partir dessa data. O futuro responsável mostra-se satisfeito com o novo cargo e reforça que durante a sua liderança não se vai esquecer de "criar produtos e soluções que vão de encontro aos interesses dos nossos clientes".

Paul Collins, vice-chairman da Nokia, esclarece que "o processo de sucessão surgiu na sequência da reforma antecipada de Jorma Ollila e visa sobretudo assegurar a continuidade da estratégia da empresa. Estamos convencidos que Kallasvuo assegurará a liderança necessária no futuro, tendo em conta as fortes referências na indústria e mais de 20 anos de experiência na Nokia".

Jorma Ollila também vai permanecer na empresa, mas como presidente do conselho de administração, substituindo Pekka Ala-Pietilä que sai por motivos pessoais. "Jorma Ollila, nosso CEO há mais de 13 anos e presidente há outros seis anos, construiu a Nokia que conhecemos hoje. Portanto estamos gratos pelo facto de ter concordado em permanecer como presidente não-executivo. Aproveitamos ainda para expressar um sincero agradecimento a Pekka Ala-Pietilä pelos anos de compromisso, contribuição e liderança", continuou Collins.

Olli-Pekka Kallasvuo pertence à empresa desde 1980, onde exerceu funções na divisão financeira e actualmente lidera a secção responsável pelos modelos mais básicos.

Notícias Relacionadas:

2005-02-14 - Nokia renova estratégia de colaboração com operadores iniciando costumização de telemóveis

2004-06-20 - "Seria um erro começarmos a contar o número de equipamentos 3G que vendemos ou lançamos"

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.