Como gerir um armazém em tempo real
Por Maria José Governo (*)




A qualidade de serviço, a rentabilização dos espaços nos armazéns, a gestão de stocks e as novas normas impostas pela Comunidade Europeia são factores preponderantes que obrigam as empresas do sector a investir em soluções informáticas. Nenhuma tecnologia permite uma resolução perfeita de todos os problemas, mas pode ajudar a reduzir drasticamente os erros humanos e a aumentar a produtividade de todos os processos de uma empresa logística.



Um bom sistema de gestão de armazém permite um melhor controlo dos stocks, reduz os erros e optimiza os processos e a utilização dos espaços. Com uma concorrência cada vez maior, esse ganho de eficiência pode ser vital no sector da distribuição, tendo em conta a necessidade de reduzir ao máximo os custos de operação e os stocks em armazém.



O que é um sistema de gestão de armazém? Baseia-se fundamentalmente numa base de dados estruturada, onde todos os artigos e localizações estão referenciados e associados. Quando é dada a entrada de um item em armazém (palete, caixa, envelope...), o seu código único, bilhete de identidade do produto, é lido com a ajuda de um leitor óptico e a sua informação detalhada é registada na base de dados. O artigo fica então imediatamente disponível no sistema e pode ser arrumado numa zona devidamente identificada.

[caption]Maria Governo, Sinfic[/caption]
Todos os processos internos são controlados com a ajuda de terminais portáteis, que lêem simultaneamente os códigos dos objectos e as suas localizações, assegurando a rastreabilidade dos produtos. Durante o tratamento das recepções e das expedições de mercadoria, o sistema de gestão diz aos operadores onde devem ser colocados os artigos ou de onde devem ser retirados, indicando, por exemplo, o caminho ou o percurso mais rápido para finalizar a preparação de uma encomenda.



O sistema de gestão de armazém em tempo real traduz-se noutra grande vantagem: enquanto os inventários anuais paralisam uma empresa durante vários dias seguidos, a gestão em tempo real torna possível a realização de inventários cíclicos ao longo do ano, durante períodos normalmente improdutivos. Através deste sistema também é possível emitir alertas quando os stocks atingem certos valores. São assim emitidos avisos de rupturas de stock, ou de stock que atingiu a data limite de armazenamento, permitindo o reaprovisionamento a tempo e horas. As várias ferramentas de análise proporcionam aos responsáveis logísticos uma melhor gestão das encomendas.


(*) Gestora da unidade de negócio Soluções de Mobilidade na Sinfic

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.