Por Rui Salsas (*)

A Sociedade do Século XXI vive uma verdadeira revolução digital, a Transformação Digital adaptada à realidade das empresas e dos consumidores. Hoje vive-se com números na obtenção de resultados, na criação de valor, na antecipação de resultados, na procura incessante de correlações entre serviços e bens para otimizar recursos e tempo, numa sociedade cada vez mais numerosa.

Nessa medida entram cada vez mais na moda temáticas como IoT - Internet of Things e/ou Analítica. Estas duas áreas derivam de uma combinação de fatores, nomeadamente de ciências exatas, caso de matemática e física. Na verdade, IoT resulta da aplicação da eletrónica aliada à informática com algoritmos capazes de recolher informação de sensores. Analítica, já mais conhecida, resulta da correlação de grandes volumes de Informação, procurando extrair novo conhecimento e possibilitar novas tomadas de decisão aos decisores/gestores de uma organização.

A interligação destas duas áreas vem de forma profícua contribuir para um mundo melhor. O futuro cada vez mais tecnológico e, no limite mais robótico, agradece todos os inputs na recolha de detalhes e obter novas métricas e inferir Conhecimento. Podemos imaginar um veículo pesado que transporta uma carga do ponto A para o ponto B. Hoje em dia, conseguimos obter muita informação, com recurso à georreferenciação. No futuro, implementar sensores de velocidade, de peso/carga, de níveis de pressão dos pneus, da localização do veículo, do registo de horas contínuas de viagem, e armazenar tudo isso numa pequena base de dados e centralizar num sistema de gestão da empresa e partilhar essa informação com uma gestão de tráfego, permitirá saber em real-time onde está a carga, a necessidade de uma intervenção no veículo, uma paragem forçada com aviso ao condutor, referenciar a estação de serviço mais próxima para avaliar uma avaria, avisar o destinatário da pontualidade da entrega e do ponto de vista de tráfego alinhar um caminho alternativo em caso de acidente.

Este conceito traz valor à sociedade em geral, e embora os custos iniciais possam ser grandes, na adaptação e instalação de sensores, hardware e software capaz de realizar esta tarefa, é definitivamente o caminho do mundo digital... Everywhere, Anywhere e Anytime são conceitos que vieram para ficar.

A capacidade para analisar dados em real-time, a disponibilização de Informação mais rápida, mais eficaz, local ou remotamente, é cada vez mais uma necessidade e uma preocupação da gestão de topo para tirar o melhor partido da Analítica. O Negócio irá elaborar melhores reports e dashboards dinâmicos com plataformas tecnológicas potentes e redundantes, tendo em conta, claro, a criticidade do Negócio e a dimensão da organização.

Para conclusão, o uso de terminais (tablets, smartphones, laptops) disparou e esse crescimento continuará, o consumo da Network e sobrecarga de Servidores e Internet exige também novas medidas, novas normas e novas regras de segurança na infraestrutura.

(*) Business Analytics Senior Consultant da Mind Source

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.