Software como um serviço - A resposta para a redução de custo da empresa em Tecnologias de Informação
Miguel Zegre (*)

As tecnologias de informação têm, nos últimos anos, ocupado um papel cada vez mais relevante nas organizações. Esse papel, sendo nuclear para a tomada de algumas decisões estratégicas, tem invariavelmente conduzido a um aumento do peso das TI na estrutura de custos da empresa.

Um projecto de tecnologias de informação tem por norma associado um elevado investimento à cabeça, quer seja em hardware, software ou serviços de implementação e consultoria para que a empresa possa começar a tirar partido dos resultados que irá obter pela implementação desse novo projecto. Em contextos de maiores desafios tal como o que vivemos actualmente, cada cêntimo gasto tem de ser pensado e repensado e o retorno do seu investimento tem de ser detalhadamente explicado às administrações das empresas.

[caption]Miguel Zegre, director de Business Development da Saphety[/caption]Nesse contexto, as soluções de Software como um serviço (Saas - Do inglês Software as a Service) apresentam vantagens evidentes para a maioria das empresas, tendo em conta que são disponibilizadas na nuvem, acessíveis através de um simples browser de Internet, não exigindo elevados investimentos de software e hardware. Assim sendo, uma evidente barreira que inibe alguns projectos nas empresas (o custo) poderá ser mitigado através da opção por uma solução SaaS.

Outro factor importante tem a ver com o facto de as soluções SaaS serem utilizadas por mais que uma empresa, o que permite potenciar na comunidade utilizadora dessas soluções, processos de negócios de excelência, e disseminá-los pelos utilizadores das soluções SaaS, ou até a troca de informação estruturada de negócio entre as empresas.

Além disso, os principais players de soluções SaaS no mercado têm as soluções já a funcionar em pleno, pelo que o prazo para a implementação da solução é reduzido drasticamente.

Mas nem tudo são rosas na implementação de uma solução SaaS. A empresa que opta por esse caminho sabe que terá, em alguns casos, que adaptar os seus processos de negócio à solução que escolheu implementar, tendo que em alguns casos fazer algumas cedências no processo face à solução de software. É neste ponto que reside o grande desafio: um típico director de sistemas de informação de uma empresa olhará com alguma relutância para este tipo de soluções, pois obriga a ter toda a infraestrutura de TI (dados, máquinas e software) no exterior da sua empresa, situação que em muitos casos não é olhada com bons olhos.

No entanto, a tendência de redução de custos com TI que praticamente todas as empresas estão a seguir, está a potenciar muito a opção por soluções SaaS, que certamente irão revolucionar o mercado das Tecnologias de Informação nos próximos tempos.

Pela experiência que temos tido neste tipo de projectos, o resultado final é, na maioria das vezes, muito positivo, provando que este será o caminho a seguir para a maioria das empresas em matéria de gestão de tecnologias de informação.

(*) director de Business Development da Saphety

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.