Recentemente, o Ministério da Educação e Ciência (MEC) fez saber que está a considerar extinguir a disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação no 9º ano, como parte da reforma curricular do ensino básico e secundário.

A medida foi justificada por Nuno Crato, ministro da Educação e Ciência, pelo facto de a maioria dos jovens já dominar os computadores perfeitamente no 9.º ano, sendo "questionável a necessidade de ter uma disciplina de TIC".

O 9º ano pode não ser a altura ideal para os jovens aprenderem sobre tecnologia, mas o ensino das TIC nas escolas não devia ser suspenso. Esta é a opinião da maioria dos 2.100 internautas que participaram na mais recente votação do TeK.

Por um lado, 40% acha que o modelo devia mudar para ser mais alargado em todos os currículos, mas adequado à utilização educativa. Para 21%, a disciplina devia ser mudada para níveis de escolaridade anteriores.

[caption]Nome da imagem[/caption]

Entre os votos recolhidos, 30% aplaude a suspensão da disciplina, sob o argumento usado pelo Governo português, e apenas 9% considera que seria uma má decisão e que o currículo escolar devia ser mantido como está.

O TeK já tem uma nova votação online, e desta vez vamos querer saber a opinião dos nossos leitores sobre o desinvestimento no software open source, a que se está a assistir em países como a Alemanha e a Espanha.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.