O Instituto Superior Técnico (IST) mantém a tradição de construção de veículos de competição pelos alunos da instituição. O FST11 é o seu mais recente automóvel, construído com base em toda a experiência acumulada nestes últimos anos. Trata-se do oitavo protótipo de competição elétrico da equipa e é apontado como o segundo a oferecer capacidades autónomas.

O FST11, que foi desenvolvido ao longo de um ano, consegue atingir os 130 km/h e está equipado com quatro motores elétricos AC com diferencial eletrónico. A sua bateria é composta por células lítio-cobalto com uma capacidade de 7,6 kWh. A sua caixa de proteção foi produzida em materiais compósitos.

Veja na galeria imagens do FST11:

A equipa do IST já tem planos para o veículo, que vai ser utilizado no Red Bull Ring, em Spielberg, na Áustria, durante os dias 23 a 28 de julho; e na Formula Student Germany, considerada a maior competição do segmento do mundo, realizando-se no circuito de Castelloní nos dias 15 a 21 de agosto. Por fim, a equipa ruma a Espanha, onde irá participar na Formula Student Spain, que ditará o encerramento da temporada, entre os dias 29 de agosto a 4 de setembro.

O líder da equipa, Pedro Oliveira, salienta que o automóvel FST11 foi um dos maiores desafios que o projeto enfrentou. Isto porque reúne as altas performances dos modelos anteriores, integrando o novo sistema de condução autónoma que estreou em 2020 com o protótipo anterior, o FST10d. “O principal objetivo foi atingir a comunhão perfeita entre os dois modos de condução, de modo que seja possível extrair a performance máxima do protótipo em todo o momento”, salienta Pedro Oliveira.

De salientar ainda, que o novo patrocinador principal é a Celfocus, uma empresa do Grupo Novabase. O grupo empresarial tem vindo a ser o apoio oficial do projeto, há 11 anos. O CEO da Novabase afirma que tem sido gratificante ver a evolução do projeto, uma vez que reúne tecnologias avançadas, inovação e o talento da equipa, “os mesmos ingredientes por detrás do sucesso das nossas empresas”. Diz-se surpreendido pela capacidade de adaptação a novos desafios de mobilidade, estando confiante nos bons resultados nas competições em que vai participar.

A equipa FST Lisboa é composta por 54 alunos oriundos de seis cursos diferentes. A equipa comemorou em 2021 o seu 20º aniversário, contabilizando um total de 11 modelos construídos. Todos os veículos são construídos pelos alunos dos cursos da instituição de ensino e depois colocados à prova em torneios internacionais dedicados ao tema.