Cursos práticos, gratuitos e de curta duração sobre inclusão e literacia digital. É isto que a Câmara Municipal de Lisboa (CML) tem para oferecer a partir de 30 setembro até janeiro de 2020, a todas as pessoas com mais de 15 anos de idade com pouco domínio de competências digitais básicas. As formações vão decorrer em cinco espaços, no Edifício Central do Campo Grande, na Biblioteca de Marvila, Biblioteca Orlando Ribeiro, Biblioteca dos Coruchéus e Junta de Freguesia das Avenidas Novas.

Programa para a Inclusão e Literacia Digital
"Medalhas" a ser atribuídas nos cursos de setembro de 2019 a janeiro de 2020

Pretendendo contribuir para que os cidadãos que não utilizam ou que utilizam pouco o computador possam ultrapassar receios e encontrar vantagens no acesso à Internet e no uso do computador, o plano de formação integra cursos sobre navegar e pesquisar na Internet em segurança até uma introdução à programação.

Cibersegurança, desinformação e outras ameaças: relatório diz que Europa está mais protegida
Cibersegurança, desinformação e outras ameaças: relatório diz que Europa está mais protegida
Ver artigo

Os cursos preveem a atribuição do Passaporte Competências Digitais, uma espécie de "medalhas de aprendizagem", que tal como a CML explica no site, permite ao seu utilizador comprovar o domínio de competências digitais essenciais, como a comunicação online, a criatividade digital, a segurança e privacidade na Internet ou até mesmo a programação.

Este passaporte entregue a todos os formandos é promovido pelo Departamento para o Desenvolvimento e Formação da CML e permite que seja integrado no Curriculum Vitae ou até mesmo partilhado nas redes sociais.

O período de inscrições encontra-se a decorrer sem data limite definida, podendo assegurar a sua participação de forma online ou presencialmente, no Departamento de Desenvolvimento e Formação, em Entre Campos, Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.