O Instituto Pedro Nunes (IPN) acaba de abrir as candidaturas para a edição de 2018 do programa da Agência Espacial Europeia (ESA) Small ARTES Applications. A iniciativa pretende apoiar projetos que utilizem ativos espaciais, como é o caso de comunicações ou navegação por satélite, observação da Terra e tecnologias usadas em voos espaciais tripulados, para criar novos produtos e serviços para “cenários terrestres", nomeadamente transportes, energia, saúde, agricultura, ambiente ou segurança.

Centro da Agência Espacial Europeia vai incubar mais 5 empresas em Portugal
Centro da Agência Espacial Europeia vai incubar mais 5 empresas em Portugal
Ver artigo

As candidaturas podem ser submetidas até ao dia 31 de maio de 2018, a partir do endereço http://space.ipn.pt/pages/artes_call.

O Small ARTES Apps, um programa nacional de incentivo à Investigação Avançada em Sistemas de Telecomunicações, tem um orçamento previsto para três projetos por ano.

Cada empresa vai receber um financiamento máximo até 25 mil euros e apoio do IPN no estudo da viabilidade financeira e técnica. Os projetos aprovados vão ainda beneficiar de um relacionamento direto com a ESA, destinado “a fortalecer tanto o seu modelo de negócio, como a sua componente técnica/espacial”, refere a nota enviada à imprensa.

Portugal quer arranjar dinheiro para o Espaço com nova lei
Portugal quer arranjar dinheiro para o Espaço com nova lei
Ver artigo

Até ao momento, este programa já apoiou oito projetos portugueses em áreas como a segurança, agricultura, energia, recursos do mar, turismo ou envelhecimento.

Recorde-se que o Small ARTES Apps é coordenado em Portugal pelo IPN e tem o apoio direto da ESA, da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) e do Gabinete do Espaço da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

A abertura das candidaturas para o Small ARTES Applications praticamente coincidiu com o anúncio de que a agência europeia escolheu os Açores para acolher um local de aterragem do projeto Space Rider. Segundo declarou esta quarta-feira o presidente do Governo Regional açoriano, Vasco Cordeiro, citado pela Lusa, o projeto vai "gerar emprego qualificado, quer ao nível dos serviços, quer ao nível dos recursos afetos".

.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.