Já são 20 as startups apoiadas pela ESA BIC Portugal, mas a incubadora de empresas portuguesas da Agência Espacial Europeia quer continuar a aumentar esse número.

Durante 2018, a ESA BIC Portugal abriu as portas às startups com ideias para a nova era conhecida como “Espaço 4.0.”, tendo “descoberto” quatro novas empresas que estão a aplicar tecnologia espacial no desenvolvimento de produtos de aplicação terrestre.

Antes de terminar o ano, as startups que integrem tecnologia espacial em aplicações terrestres e empresas com novas ideias de produtos e serviços direcionados ao mercado espacial, vão poder candidatar-se a uma última call.

Para além do apoio técnico e de negócio, as empresas podem ainda ganhar um financiamento de 50 mil euros cada uma. Para concorrer, têm que ter sido criadas em Portugal, ter menos de cinco anos e desenvolver uma ideia e um protótipo durante um período máximo de dois anos. As candidaturas decorrem até ao dia 5 de novembro e podem ser feitas aqui.

A ESA BIC Portugal é coordenada pelo Instituto Pedro Nunes e tem pólos no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e na agência DNA Cascais. Entre as quatro empresas selecionadas este ano e que estão a aplicar tecnologia espacial no desenvolvimento de produtos de aplicação terrestre estão a Delox , a iTrack Solutions,  a mOceanSense e a Pavnext.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.