Devido às medidas implementadas para travar a propagação da pandemia de COVID-19, muitos idosos que vivem em lares viram-se separados das suas famílias. É verdade que a proibição das visitas já foi levantada, no entanto, a situação causou um forte impacto no bem-estar de milhares de famílias.

O novo projeto “Restabelecimento dos Laços Familiares” junta a Altice Portugal à Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), a entidade que tem acompanhado a situação da separação familiar devido à COVID-19 desde o início desta crise. A parceria foi assinada hoje, 9 de junho, numa sessão na sede da Altice Portugal que contou com a presença de Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da empresa, e Francisco George, Presidente da CVP.

“Trata-se da materialização da nossa responsabilidade social, por levarmos tecnologia que permite melhorar a vida das pessoas”, afirmou Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal, citado em comunicado. O responsável sublinhou ainda que vivemos num contexto em que é necessário potenciar toda a capacidade da tecnologia em prol da humanidade, em prol das pessoas”.

A iniciativa tem em vista a contribuição para a manutenção dos contactos familiares dos idosos que vivem em lares e as suas famílias durante a pandemia através da prestação de serviços de restabelecimento dos laços familiares (RLF) pela Cruz Vermelha Portuguesa.

O projeto será implementado em estruturas residenciais para idosos em todo o país, especialmente em instituições particulares de solidariedade social que tenham mais dificuldades em garantir a manutenção das normas exigidas pelas autoridades de saúde.

Em comunicado, a Altice explica que as principais atividades desenvolvidas serão as chamadas telefónicas e as videoconferências entre os idosos e os familiares, contando com o apoio dos voluntários do serviço de RLF da CVP em matéria de organização.

Nos casos em que os idosos não tenham acesso equipamentos de comunicação, a CVP vai disponibilizar-se a emprestar os meios necessários. Já as famílias que não os tenham poderão contactar os seus familiares idosos através dos meios de comunicação do kit RLF disponíveis nas estruturas locais da CVP.

COVID-19: Altice e Huawei vão disponibilizar tablets e sistemas de videoconferência aos hospitais nacionais
COVID-19: Altice e Huawei vão disponibilizar tablets e sistemas de videoconferência aos hospitais nacionais
Ver artigo

Recorde-se que, em abril, a Altice juntou-se ao projeto SOS Vizinho, uma das iniciativas que quer ajudar quem mais precisa, fazendo chegar bens essenciais a quem não pode sair de casa através de uma rede nacional de voluntários, operacionalizando a linha telefónica de apoio. o outro lado da linha está um grupo de 50 voluntários que tomam nota das necessidades de quem telefona, agindo como intermediários entre a população de risco, as equipas que coordenam o SOS Vizinho e quem entrega os bens.

No mesmo mês, a empresa uniu forças com a Huawei para ajudar os profissionais de saúde e os doentes internados com COVID-19 nos hospitais a comunicar com a família. As empresas disponibilizaram ao Ministério da Saúde centenas de equipamentos para facilitar as comunicações à distância, lembrando que, mesmo sendo preciso estarmos fisicamente distantes em tempos de pandemia, a tecnologia continuará a permitir a proximidade

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.