Os novos colaborados vão enriquecer os escritórios da PHC nas respetivas cidades portuguesas, em Angola e Moçambique, duas das principais apostas da empresa em matéria de internacionalização.



Numa nota de imprensa explica-se que os novos recursos vão desempenhar funções nas áreas de development, software testing e suporte. No mesmo texto a empresa sublinha a dificuldade em encontrar recursos com os perfis e competências adequadas às necessidades da organização. Essa dificuldade é mais vincada na área de desenvolvimento de software para a cloud, um domínio no qual a PHC tem vindo a apostar.



As vagas de emprego abertas pela PHC estão detalhadas na área de carreiras do site da empresa, onde são também explicados os requisitos pretendidos para cada uma e referidos alguns dos benefícios e condições asseguradas aos trabalhadores. As candidaturas podem ser enviadas através de email ou submetidas por via do perfil da empresa no LinkedIN.



"Esta estratégia de alargamento da equipa da PHC tem como base os nossos objetivos a curto prazo, que passam pela consolidação da presença em Portugal e pelo reforço da internacionalização", detalha Cristina Pescada, diretora de Recursos Humanos da PHC.



Um estudo recente da Hays indicava que que mais de 80% das tecnológicas a operar em Portugal pretendem contratar este ano, mas também sublinhava as mesmas dificuldades identificadas pela PHC na identificação de perfis e competências correspondentes às necessidades das organizações.



Neste estudo os perfis identificados como mais difíceis de encontrar são analistas-programadores, programadores, gestores de projeto, arquitetos de soluções, administradores de bases de dados e administradores de sistemas.



A lista completa dos perfis identificados no estudo como os mais dificeis de encontrar é esta:

[caption]estudo Hays[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.