A segunda edição do Altice Innovation Award já tem vencedores. Depois de avaliadas mais de 80 propostas, restaram nove finalistas: um grupo de seis startups, três portuguesas e três francesas, e três na categoria Academia, reservada a investigadores de mestrado e doutoramento. Fuel Save, na categoria Startups, e Towards 5G: Tb/s speed Telecom Payloads, em Academia, foram anunciados esta quarta-feira como os derradeiros vencedores.

Sempre com muita tecnologia à mistura, ou não fosse a inovação o mote da iniciativa internacional da Altice, as ideias foram muito variadas, havendo desde soluções para carregamento de veículos elétricos, uma proposta para descobrir a história e curiosidades de uma cidade através de um jogo de pistas, uma ideia que transforma o smartphone num altifalante pessoal, soluções de video streaming à medida e uma sugestão para levar o Bluetooth “ao limite”. Isto na categoria Startups.

Mas aqui quem venceu foi a aplicação Fuel Save, destinada a ensinar camionistas a pouparem combustível.

Em declarações ao SAPO TEK ainda como finalista, António Fradique um dos cofundadores da startup, referiu que a Fuelsave se distingue da concorrência “pela equipa tem, e pelas pessoas que rodeiam a empresa, como por exemplo os nossos advisors”.

Altice Innovation Award: Propostas vão desde lições para camionistas a altifalantes pessoais  
Altice Innovation Award: Propostas vão desde lições para camionistas a altifalantes pessoais  
Ver artigo

O responsável garantiu que a equipa, dedicada à ciência dos dados em tempo real e que tem uma aplicação para otimizar a condução de camiões, foi capaz de cumprir todos as milestones planeadas durante 2018 e ainda conseguir financiamento num curto espaço de tempo - já que a startup foi constituída em fevereiro de 2018.

Na categoria Academia do Altive Innovation Award as propostas passaram por desenvolver um maketplace para a venda de capacidade informática, preparar a rede elétrica do futuro e integrar um processador fotónico num chip destinado a criar uma nova geração de satélites, que acabou por ser a escolhida como vencedora.

Três projetos de investigação na corrida ao Altice Innovation Award
Três projetos de investigação na corrida ao Altice Innovation Award
Ver artigo

Em declarações ao SAPO TEK antes de saber que seria a vencedora, Vanessa Duarte referiu que o Altice Innovation Award marcou a sua estreia numa iniciativa do género e explicou  projeto.

O Towards 5G: Tb/s speed Telecom Payloads consiste no desenvolvimento e demonstração pioneira de um processador fotónico integrado num chip de silício para a aplicação na nova geração de satélites de comunicação.

O objetivo é “fazer chegar internet a todos os lugares do mundo, nos quais não era possível por fibra ótica, elevando a qualidade do sinal, reduzindo os custos de serviços de satélite para os mesmos níveis da fibra ótica, e introduzindo tecnologias boom como os serviços 5G e IoT”, referiu Vanessa Duarte.

Na altura, a finalista de doutoramento também mostrou estar confiante no trabalho desenvolvido nos últimos quatro anos. “Acho que tenho uma proposta ganhadora pois, para além de ser a primeira vez no mundo em que a tecnologia fotónica é implementada e demonstrada neste conceito, também fornece as soluções necessárias para os problemas de satélites de comunicação que hoje em dia várias companhias como Airbus, Thales e ESA procuram”.

Defendeu também que o projeto teria todo o interesse para a Altice, como forma de responder ao chamado gap digital, existente em todo o mundo. “Deste modo será possível por parte desta operadora fornecer serviços mais rápidos, com maior capacidade e abrir horizontes para outras localizações. Além disso, a diminuição dos custos de fornecimento de dados para o nível de fibra com a cobertura de um satélite, torna a Altice líder do seu sector”.

tek Finalistas Premio Altice
 Alexandre Fonseca e os nove finalistas da edição de 2018 do Innovation Altice Award

Nota de Redação: [23h01] A notícia foi sendo atualizada à medida que os vencedores foram anunciados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.