Os relatórios das empresas de segurança mostram um aumento contínuo do malware - software desenhado especialmente para tirar partido de falhas de segurança, ou de excesso de confiança dos utilizadores - para infetar os sistemas e roubar dados, ou usar o PC para redes zombie e envio de spam. As ameaças são maiores não só em número mas também em sofisticação e é preciso um constante jogo do gato e do rato para conseguir proteger os sistemas informáticos contra ataques cada vez mais complexos e organizados.

As boas práticas dizem por isso que é mais do que aconselhável instalar um bom sistema antivirus no computador pessoal, completá-lo com uma firewall e com ferramentas de gestão de identidade e de downloads, entre outras. Mas normalmente os pacotes de segurança mais completos exigem investimento - mesmo que seja de poucas dezenas de euros - o que afasta alguns utilizadores.

Por isso, depois de termos feito uma montra sobre as novas versões de software de segurança no final do ano passado - hoje destacamos algumas das melhores versões gratuitas. Não são tão completas e fiáveis, mantendo habitualmente um apoio técnico ao utilizador mais limitado, mas sempre é melhor do que nada...

Entre as muitas opções gratuitas escolhemos algumas que são habitualmente referenciadas como as mais estáveis por organizações ligadas à avaliação de software, como o instituto AV-TEST, que ainda em março divulgou uma bateria de análises de aplicações pagas e gratuitas para utilizadores individuais que usam o sistema operativo Windows 7.

O laboratório analisa não só a capacidade de detetar, bloquear e remover vírus e worms do computador mas também o impacto no desempenho do sistema, um dos fatores mais importantes para os utilizadores que não querem comprometer a capacidade de trabalho ou a performance em jogos.

O AVG Anti-Virus Free Edition 2012 está entre as aplicações mais bem classificadas dentro das ofertas gratuitas, não só pela eficácia a bloquear malware mas também pela rapidez demonstrada.

[caption]Nome imagem[/caption]A eficácia é também uma das maiores na remoção das ameaças. Enquanto outras aplicações mantêm os ficheiros suspeitos em quarentena, o AVG trata mesmo de eliminar o risco.

O software oferece proteção contra vírus e spyware e é compatível com Windows 7, Windows Vista e Windows XP. E a casa de desenvolvimento, na República Checa, tem também a possibilidade de upgrade para uma versão paga que custa pouco mais de cinco dezenas de euros e que pode ser experimentada gratuitamente durante 30 dias.

As boas recomendações estendem-se também ao Avast Free Antivirus 7, também originário da República Checa, que tem um dos interfaces de utilizador mais simples de entre estas aplicações.

[caption]Nome imagem[/caption]

A experiência mostra que a deteção de ameaças não é tão completa, mas que se o malware já estiver na lista dos vírus e worms identificados a capacidade de o eliminar é significativamente maior.

O desempenho do processador e a capacidade de memória do computador são fundamentais para assegurar a rapidez da análise de ficheiros, que pode ser feita em momentos de menor atividade.

O Avast está disponível para PC, Mac e Linux.

Para quem não quer perder muito tempo em definições do software o Panda Cloud Antivirus 1.5 pode ser uma boa opção. O interface é limpo e fácil mas os testes realizados pela AV-TEST mostram que aqui a simplicidade é inimiga da eficácia, sobretudo na tarefa de limpeza das ameaças.
[caption]Nome imagem[/caption]

Não inclui firewall nem deteção de intrusos e só está disponível para sistemas Windows.

E quanto à rapidez? Digamos que o Panda Cloud está entre os corredores de fundo, e não entre os sprinters...

[caption]Nome imagem[/caption]Menos conhecido, o Avira Free Antivirus 2012 é também uma opção a considerar. O aspecto techie pode afastar os utilizadores, mas não deixa de estar entre os mais bem classificados de algumas análises.

A versão gratuita está disponível também para sistemas Linux e MacOS X.

[caption]Nome imagem[/caption]Para último nesta lista deixamos o Microsoft Security Essentials, que causou bastante polémica quando a gigante de Redmond decidiu avançar com um programa de segurança, já que as empresas especializadas na área se sentiram ameaçadas. Afinal, depois de vários anos, parece que o espaço para ofertas diferenciadas de software antivirus não diminuiu....

Com uma interface muito consistente com outras aplicações para Windows, o Security Essentials é rápido, fácil de configurar e eficiente na limpeza do malware. Mas as principais críticas estão na sua capacidade de identificar ameaças, sobretudo as que ainda não constam das listas de malware.

E claro, só está disponível para Windows...

Agora que já tem todas estas referências e links, não há desculpa para manter o computador "escancarado" à entrada de vírus e worms, pois não?

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.