Na semana passada dois anúncios de dois operadores distintos animaram o mercado móvel e introduziram novas ofertas. A Optimus avançou na quinta-feira com o lançamento de um tarifário com chamadas ilimitadas para todas as redes.



Um dia depois, a PT anunciava uma revolução no Meo, que agora disponibiliza a primeira oferta do grupo para o mercado de consumo verdadeiramente integrada. O cliente passa a receber informação sobre todos os serviços que tem em casa numa única fatura e pode gerir a conta numa mesma plataforma. Nesta oferta também há chamadas móveis ilimitadas para todas as redes.



Em ambas as propostas apresentadas pelos operadores o fator preço é importante e na comparação com produtos semelhantes disponibilizados também no mercado português pode valer a pena fazer as contas. Na comparação com as ofertas disponibilizadas em outros países da Europa, os preços praticados em Portugal nem sempre são os mais competitivos.



Sem limites na Optimus

Com os novos tarifários Smart, a Optimus propõe uma mensalidade de 69,90 euros, que dá acesso a comunicações ilimitadas para todas as redes nacionais e para mais 16 países da União Europeia, mais um giga de Internet. Quem não precisa de chamadas internacionais pode ter acesso ao mesmo pacote (sem essa componente) por 39,90 euros por mês. Nas configurações mais baratas os novos Smart impõem mais limites ao nível dos minutos de comunicações incluídos para outras redes, como já acontecia.

[caption]optimus[/caption]

Na verdade a nova oferta da Optimus não inova no conceito, mas é inovadora nos preços a partir dos quais permite quebrar as barreiras na comunicação para outras redes. Para além disso dá uma "arrumação" diferentes às propostas tarifárias da operadora no pós-pago, em termos de preços e características, face à concorrência.



A TMN e a Vodafone mantêm a configuração "antiga" de propostas - muito idêntica à que a Optimus também tinha. Os seus tarifários de dados pós-pagos apresentam ambos quatro opções com preços e características iguais (exceção para a oferta de entrada de gama onde os preços diferem em um cêntimo).



Numa e noutra operadora só as propostas de topo permitem comunicações ilimitadas para todas as redes e tem uma mensalidade de 103,10 euros. Diferem da proposta da Optimus no preço da mensalidade e no tráfego Internet, que a Optimus mantém limitado a 1GB. Outra diferença, a favor da Optimus, está na inclusão na oferta de chamadas de rede fixa para um conjunto de destinos internacionais.

[caption]TMN[/caption]
Preços TMN

[caption]Vodafone[/caption]
Preços Vodafone




Ilimitado… mais ou menos

Em qualquer uma das propostas tarifárias (de voz ou dados) com a designação ilimitado, as comunicações não são efetivamente ilimitadas, mas balizadas por uma política de utilização responsável.


À luz desta política de utilização responsável os limites impostos pela Optimus em termos de minutos de comunicações no novo tarifário Smart são de quatro e oito mil minutos.



Ou seja, quem subscreve uma mensalidade de 24,90 euros pode falar sem mais custos durante quatro mil minutos todos os meses para todas as redes e enviar 800 SMS.



Quem subscreve uma mensalidade de 39,90 euros pode falar todos os meses, sem mais custos, durante 133 horas, ou 4h40 horas por dia, sem mais custos. Quem subscreve o pacote de topo mantém este plafond para as comunicações nacionais e junta-lhe mais mil minutos para chamadas internacionais.

[caption]ilimitado[/caption]
Condições Optimus

Na concorrência os limites impostos pela política de utilização responsável são diferentes. No seu All Net Unlimited, a TMN permite comunicações sem mais custos até 5.000 minutos. A Vodafone, restringe o seu Best Top ilimitado para todas as redes, a 7.500 minutos de comunicações de voz/SMS e MMS para dentro da rede e 1.000 minutos de comunicações para outras redes, de acordo com informação fornecida pelos respetivos serviços de apoio ao cliente.



Chamadas ilimitadas com bónus: TV e Internet

Um dia depois de a Optimus dar a conhecer os novos Smart foi a vez da PT mostrar o novo Meo. A marca de serviços de televisão passou a ser o "chapéu" da operadora para uma nova oferta convergente, que junta ao triple play uma quarta oferta: as comunicações móveis.
Numa única oferta, a nova proposta do Meo (M4O) disponibiliza 85 canais de televisão, Internet a 100 Mbps com tráfego ilimitado, chamadas ilimitadas para todas as redes, dois cartões de telemóvel e 200 MB de Internet no telemóvel por mês e por cartão. Tudo tem um preço mensal de 79,99 euros.



O valor da oferta - face às propostas que a marca já disponibilizava - depende do perfil de consumo do cliente em pelo menos três vetores: o valor da TV na equação; a importância de uma boa ligação de Internet e o valor médio da fatura de telemóvel.

[caption]Meo[/caption]

A proposta não é a mais generosa em quantidade de canais de TV, para além de deixar de fora os canais de alta definição. Por outro lado, é interessante no débito oferecido para a Internet fixa (100 Mbps) e no tráfego que disponibiliza para a rede móvel. Juntando a vertente das comunicações móveis, falta dizer que a opção pode interessar mais ou menos dependendo do valor habitual da fatura do telemóvel.

Para quem habitualmente paga menos de 15 euros de telemóvel dificilmente sairá a ganhar. Para quem paga mais do que isso pode valer a pena fazer as contas, sobretudo atendendo a que o M4O inclui dois cartões de telemóvel, a que podem juntar-se mais dois por 15 euros (7,5€ cada um).



Como fazer as contas?

Tendo em conta as restantes ofertas Meo, o pacote com 85 canais de TV é comercializado pela operadora por 45,49 euros. Um cliente com este pack que decida migrar para o M4O ficará a pagar mais 34,41 euros. Assim, se em média cada um dos dois membros da família que vão beneficiar da nova oferta pagarem cerca de 20 euros de telemóvel por mês já compensa.



Claro que há outros fatores a considerar. Desde logo, o pacote Meo com 85 canais existente no resto do cardápio de ofertas não disponibiliza a mesma largura de banda que o M4O, ou o mesmo tráfego de Internet móvel. Se a comparação for feita com combinações de serviços onde o débito da Internet é mais elevado o potencial de ganho pode ser maior.



A análise terá de ser feita caso a caso mas uma boa política será somar a conta do triple play (ou das diversas parcelas Internet + televisão e fixo) às mensalidades de dois ou quatro cartões móveis, consoante considere a opção M4O com uma mensalidade de 79,99 euros ou 94,99 euros (4play com quatro cartões móveis).



A nova componente de voz do Meo também está sujeita à habitual política de utilização responsável. Neste caso, quem subscrever o pacote pode consumir até 2.000 minutos de chamadas e 2.000 SMS mensais sem mais custos associados. No fixo (chamadas nacionais) o limite mensal é de mil minutos, o mesmo que para as chamadas internacionais, embora aqui exista também uma restrição de horário e de países (das 21 às 9 horas em 30 países).

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.