A Samsung completou este fim de semana a maior aquisição alguma vez feita na história da empresa. Ao todo, a gigante tecnológica investiu cerca de 8 mil milhões de dólares na compra da empresa norte-americana, Harman. O negócio já tinha sido anunciado no passado mês de novembro, mas a falta de acordo em alguns pontos e a necessidade de debater o assunto com os acionistas prolongou a decisão até agora.

"Hoje é um dia histórico para nós. O fecho desta transação abre a porta à criação de oportunidades de crescimento substanciais e vai trazer muitos benefícios aos nossos clientes em todo o mundo", disse Young Sohn, atual presidente da Samsung Eletronics, em comunicado.

Fundada em 1980 e detentora de marcas como a JBL, Harman Kardon, Lexicon e AKG, a Harman é uma empresa especializada no desenvolvimento de produtos de áudio e de sistemas de conectividade para automóveis. Este último ramo, no entanto, parece ser aquele que mais interesse desperta à Samsung. "Vemos grandes oportunidades de iinovação no automóvel e olhamos para o futuro como um tempo onde toda a nossa vida flui conectada entre veículos, casas, equipamentos móveis e o nosso próprio local de trabalho", disse Sohn.

A Harman tem, neste momento, cerca de 30 mil funcionários e deverá continuar a operar enquanto uma subsidiária independente da tecnológica sul-coreana.

"Temos de saber reconhecer a importância das parcerias num mundo cada vez mais conectado como o nosso, particularmente no segmento automóvel. Estamos prontos para combinar as nossas equipas e recursos para produzir soluções cada vez melhores para os nossos clientes", disse Dinesh Paliwal, CEO e presidente da Harman. "Ao trabalharmos de perto com fabricantes automóveis e com outras empresas tecnológicas, a Samsung e a Harman vão definir - e conduzir - o futuro do segmento automóvel".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.