Com participantes de mais de uma dezena de países, o Data Makers Fest apresenta-se como um "novo festival de dados" no Porto e quer reunir no palco oradores das empresas mais relevantes nesta área. 

Estão confirmados três keynotes, com Lambert Hogenhout, chefe de dados, analíticas e tecnologias emergentes das Nações Unidas; Wei Li, vice presidente e diretor geral de Inteligência Artificial e análise de dados na Intel; e Grant Sanderson, fundador do canal de YouTube 3Blue1Brown.

Os debates contam ainda com um total de cerca de 50 oradores e representantes de empresas tecnológicas como o Meta e a NVIDIA, multinacionais como o IKEA e o BNP Paribas e universidades de renome internacional.

Os organizadores destacam ainda no programa o painel de discussão sobre o AI Act, a primeira proposta de lei sobre o uso da Inteligência Artificial que está a ser discutida na União Europeia, onde estão confirmados Kai Zenner, chefe de gabinete e assessor digital no Parlamento Europeu, e de Carlos Muñoz Ferrandis, advogado e especialista em governação de dados e regulação na Hugging Face, um dos maiores repositórios de modelos de inteligência artificial do mundo.

São esperados mais de 500 participantes nos dois dias de conferência e os bilhetes podem ser comprados online no website do evento até dia 20 de outubro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.