[caption]Hidden From Google[/caption]

A justiça europeia decidiu, mas na cabeça de muitas pessoas o caso ainda não está terminado. Isto porque apesar de o direito a ser esquecido trazer vantagens para os internautas visados, verdade é que também traz desvatagens para os restantes utilizadores da Web.

Quais os limites do direito a ser esquecido? Qual o guião que deve ser seguido na sua aplicação? Não viola o direito a ser esquecido outros direitos, como o de aceder à informação que está disponível – ou estava?

Enquanto muitas destas perguntas não têm uma resposta concreta, o site Hidden From Google faz uma catalogação dos links de alto perfil – relacionados com meios de comunicação ou com a Wikipédia por exemplo – que já não podem ser encontrados nos motores de pesquisa europeus da Google.

Desta forma pode não só aceder a essa informação, como pode acompanhar a evolução dos “esquecimentos”. Em alternativa pode sempre usar a versão global ou norte-americana do Google, que retribui todos os resultados de pesquisa.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.