O WPP Booster abrange várias categorias que vão da Criatividade (redes sociais e desenvolvimento de conteúdos), aos Media e Predictive Analytics (estratégia ou visualização/ tratamento de dados), passando pela tecnologia (realidade virtual ou inteligência artificial) e procura promover a interação das empresas com  startups portuguesas, numa relação win win.

Entre os principais critérios de seleção estão o valor gerado pelos projetos a acelerar, o potencial de crescimento e a sua escala, bem como a solidez do modelo de negócio.

O WPP Booster já abriu a primeira fase de candidaturas, com os interessados a poderem submeter as suas propostas até 17 de setembro no site do programa. Ao longo deste tempo, a Startup Lisboa irá apontar os potenciais candidatos a pitch, com a empresa a prever que sejam cerca de 15 as startups a chegar a esta fase.

Escolhidos os projetos mais inovadores, o programa vai acontecer entre outubro e abril de 2019, passando pelas várias fases de mentoria, networking, provas de conceito e investimento. A fase final do WPP Booster acontece com um Demo Day e com a apresentação dos trabalhos finais aos decisores do Grupo WPP e a eventuais investidores.

Durante os seis meses do programa, os participantes vão poder usar a Garagem, um espaço de coworking dentro do edifício da WPP, e terão acesso a sessões de formação, workshops e mentores especializados nas  diversas áreas de atuação do grupo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.