Não é novidade nenhuma o surgimento de aplicações maliciosas no Google Play ou em outras lojas de sistemas operativos móveis. A mais recente onda de sofwares duvidosos foi descoberta pela Avast, que alertou para a existência de várias aplicações para Android, algumas delas com milhões de downloads, que levam consigo adware que afeta o equipamento do utilizador.

Segundo contou a empresa de antivírus no seu blog, existem várias aplicações maliciosas que ainda não foram eliminadas pela Google, como a Durak. Este jogo de cartas, que já recebeu entre cinco e dez milhões de downloads, não aparenta ter um caráter duvidoso no momento da sua instalação nem nos dias seguintes. Isto acontece para que o utilizador não desconfie quando começarem a surgir as primeiras notificações no equipamento, que poderão demorar cerca de um mês.

A partir dessa altura, começam a ser exibidos avisos de atualização de software ou alertas falsos de violação de segurança, disfarçando pedidos de pagamentos indesejados ou violações de privacidade, incluindo o envio de mensagens de texto sem autorização. Tal como conta o Avast, a instalação de aplicações que assegurariam a segurança do equipamento não impede este tipo de atos maliciosos.

Segundo avança o TechCrunch, a Google já teve conhecimento do sucedido e suspendeu as aplicações em causa. Contudo, isto não deixa de funcionar como um aviso para a falta de segurança que muitas vezes existe nas lojas de aplicações, mesmo das gigantes tecnológicas, e que como algumas apps conseguem escapar à vigilância dos antivírus que se encontram à disposição.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.