As capaciddes do seu smartphone não se encerram nas limitações do seu hardware ou nas aplicações que trazem de raíz. Para lá das portas das lojas de aplicações há um mundo por descobrir e o TeK promete continuar a ajudá-lo nessa demanda.

Esta semana, as sugestões passam pelos jogos, pelos pokémons, pelo criador do já perecido Flappy Bird, pela Google, pelo acelerador de partículas e por um sorteio de refeições. Curioso? Então siga pelas próximas páginas e conheça todas as aplicações móveis que o TeK selecionou ao longo desta semana.

 

Google Voice ganha novas funcionalidades e mais "arrumação" mas mantém limitações geográficas

Desde que foi lançado, o Google Voice tem tentado conquistar espaço para agregar chamadas de voz com as mensagens e os emails, e agora fez um upgrade que melhora a arrumação.

A Google não esconde a ambição de ser o "número único para a vida", com um número de telefone para cada utilizador, ligado à pessoa (e ao telemóvel), em vez da localização, mas ainda não conseguiu sair dos espaços geográficos dos Estados Unidos da América e do Canadá.

Mesmo assim a empresa acaba de lançar uma atualização para as apps de Android, iOS e browser que tem cinco mudanças, entre as quais a arrumação das várias funcionalidades e um design mais intuitivo.

A fusão de todos os contactos, de voz, messaging ou voicemail, num único local é uma das vantagens da app, mas agora também tem suporte a MMS nas conversas de grupo, e notificações das respostas. E a Google está também a introduzir a transcrição de conversas de voz para espanhol, embora admita que a qualidade da tradução ainda vá melhorar com o tempo.

 

 

As atualizações vão ser disponibilizadas faseadamente a partir das lojas de apps para Android, iOS e web.

Siga para a página seguinte e veja a próxima app

Acelere partículas em direção ao Bosão de Higgs com a ajuda do telemóvel

A LHSee não é propriamente nova, mas continua a ser atual. É uma app criada com a ajuda dos investigadores do CERN que explica como funciona o popular “Grande Colisionador de Hadrões”, mais conhecido como acelerador de partículas.

A LHSee mostra a importância desta poderosa ferramenta do CERN instalada em Genebra, na Suíça, e mais do que isso, permite “espreitar” aquilo que o acelerador faz, nomeadamente, ver partículas a serem “esmagadas” ao vivo, num dado momento.

Tal é possível graças a modelos 3D gerados em computador, que os utilizadores podem explorar sob diferentes ângulos. Há também tutoriais para ajudar a “física” daquilo que é mostrado.

 

Um ponto menos positivo para o facto de estar “escrita” em português do Brasil e, desta forma, alguns termos explicativos poderem não corresponder aos usados em português de Portugal.

Outro ponto menos positivo vai para o facto de a aplicação não ser atualizada há muito tempo (praticamente desde que foi lançada). De qualquer forma, na sua génese não deixa de ser válida, cumprindo o seu objetivo de dar a perceber como se aceleram partículas.

A aplicação está disponível para Android.

Farto de Pokémon Go? Experimente o novo Pokémon Duel

Trata-se de um jogo de tabuleiro que chegou esta quarta-feira às lojas de aplicações do Android e iOS.

Pokémon não parece ter esgotado a sua exploração das plataformas móveis com Pokémon Go. Esta quarta-feira, sem qualquer anúncio prévio, a empresa responsável pela exploração do franchise fez chegar às lojas de aplicações do Android e do iOS um novo jogo centrado nas criaturas que a série animada popularizou durante a segunda metade da década de 90.

Duel é um jogo de tabuleiro, estratégico, e em tudo diferente do jogo de realidade aumentada da Niantic. Aqui, o objetivo é fazer chegar uma peça à base do adversário numa partida onde cada um dos jogadores começa com seis personagens. As equipas são construídas de acordo com as preferências do utilizador e o primeiro a alcançar a casa defendida pelo adversário, vence, o que, na prática, o obrigará a investir, de igual forma, no ataque e na defesa.

Em jogo, cada um dos pokémons disponíveis tem uma habilidade diferente que poderá ser essencial para derrubar o oponente em caso de combate direto.

O jogo é inteiramente gratuito, mas se quiser dar músculo à sua equipa poderá gastar alguns euros em novos pokémons.

Lifecooler lança app que é praticamente uma “roleta russa das refeições”

O objetivo é oferecer, pelo menos, uma refeição em cada 40 aos utilizadores, mas só no final da refeição é que se sabe se terá ou não de pagar.

O site de turismo Lifecooler lançou uma aplicação chamada “Garfo da Sorte” que pretende tornar mais divertidos os almoços ou jantares fora de casa.

A empresa explica, em comunicado, que existe uma probabilidade mínima de que 1 em cada 40 refeições sejam gratuitas nos cerca de 400 restaurantes aderentes deste programa. Contudo, acrescenta que, à medida que o portfólio de estabelecimentos vai aumentando, aumenta a probabilidade de se conseguir uma refeição grátis.

Mas aqui está o busílis desta app: quando o utilizador se senta à mesa não sabe se vai ou não pagar. Esse é um pormenor que só se fica a saber no fim da refeição, altura em que deve ativar a app e descobrir o que a sorte lhe reservou.

Os clientes da Lifecooler, bem como os da Vodafone, têm o dobro da probabilidade de conquistar uma refeição gratuita, dizem as informações oficiais.

Esta é uma app grátis e está disponível para iOS e Android.

Ninja Spinki é um novo vício do criador do Flappy Bird

A aplicação de hoje devia ter um aviso muito sério para os jogadores casuais: há um risco de vício é muito elevado para todos os que experimentarem o Ninja Spinki.

Se ainda se lembra do Flappy Bird, um jogo aparentemente simples lançado em 2013 que gerou um grande nível de entusiasmo, percebe facilmente que não estamos a exagerar.

Dong Nguyen, o criador do "fenómeno" está agora de volta com mais um jogo que parece simples mas que mantém os jogadores agarrados ao ecrã do telemóvel para conseguir ultrapassar os vários níveis. Desta vez conta com a parceria do estúdio japonês Obokaidem e a receita parece ter tudo para voltar a ser um sucesso.

O Ninja Spinki é um pequeno personagem hiperativo que tem várias ações a realizar enquanto foge dos obstáculos com a ajuda do jogador. Há seis mini-jogos e dois modos, o desafio e o modo endeless, mas é preciso muita dedicação e precisão para conseguir avançar por entre os vários níveis.

 

O jogo está disponível para AndroidiOS, e o download é gratuito, mas conte com muita publicidade pelo meio...

Google atualiza app para utilizadores não perderem o que procuram

A gigante das buscas atualizou (precisamente) a app do seu motor de pesquisa para Android com uma funcionalidade que pretende facilitar a vida aos utilizadores.

A partir de agora, se ficar sem ligação à internet durante uma pesquisa, a app guarda a “intenção” em memória e recupera-a automaticamente assim que volte a haver rede, notificando o utilizador.

A proposta vai com certeza dar jeito a quem costuma fazer pesquisas enquanto viaja de comboio ou de Metro, já que é habitual haver falhas na rede durante tais percursos. A ideia da Google é deixar a app a atuar em segundo plano, para que seja fácil retornar aos resultados facilmente.

A gigante tecnológica garante num post sobre a atualização que não vai consumir mais bateria por estar a funcionar nos bastidores, e também não vai gastar mais dados. 

Para usufruir da nova funcionalidade do Google basta atualizar a app.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.