O ano vai pouco mais que meio e foram já lançadas centenas de jogos para smartphones em 2016... Isto faz com que a escolha seja vasta, obviamente, mas, como em tudo, existem aqueles que acabam por sobressair um pouco mais. Felizmente, não são poucos os bons jogos listados nas lojas digitais da Google e da Apple, e essa qualidade dificulta a escolha e faz com que o jogador fique um pouco "perdido" durante o processo.

Nesse sentido, o TeK dá-lhe uma ajuda e apresenta alguns dos melhores jogos deste ano, tendo como base as análises e críticas positivas dos principais sites da especialidade. São títulos dos mais variados géneros, uns pagos e outros gratuitos, mas todos se mostram bastante desafiantes e fáceis de jogar.

Correrá sempre o risco de ver o seu tempo livre ficar bem mais ocupado, dados os índices de desafio e "vício" associados a estas sugestões, divididas em áreas tão distintas como desporto, ação, aventura e quebra-cabeças.

Fique a conhecer estes cinco jogos em maior detalhe, começando por uma aventura ao bom estilo da Disney...

Disney Crossy Road

Ajudar a galinha a atravessar a estrada. Espere... mas aquele não é o Rato Mickey?

Com mais de 120 milhões de jogadores, Crossy Road é um dos mais bem sucedidos jogos para smartphone.

O título que colocou uma galinha a atravessar uma estrada ganhou imensa popularidade entre os jogadores devido à sua simples jogabilidade, inspirada no clássico Frogger da Konami, e pelos seus gráficos característicos. A Disney parece também ter gostado do referido jogo, daí ter realizado uma parceria com os seus criadores, a Hipster Whale, que resultou depois no lançamento deste Disney Crossy Road.

É mantida a mesma mecânica do jogo original, mas este vem apetrechado com as inúmeras personagens dos universos Disney e Pixar – o Rato Mickey, o Pato Donald e outras personagens saídas de filmes como Rei Leão, Toy Story, Entrelaçados e Força Ralph, entre outros.

Trata-se de um jogo sem fim, por assim dizer, cujo objetivo é chegar o mais longe possível e atravessando todo o tipo de vias perigosas como estradas, ferrovias e rios. Todos sempre lotados de obstáculos e objetos em constante movimento – existem comboios a passar a alta velocidade, carros que pouco se importam com os limites de velocidade e zonas de água com troncos flutuantes, por exemplo.

O problema maior reside no facto de ser preciso ser rápido a atravessar todos estes perigos, pois, se o jogador esperar muito tempo a mover a personagem, uma águia surgirá no céu e colocará um fim à aventura. Portanto, não é apenas necessário evitar os obstáculos, é preciso fazê-lo rapidamente ou a personagem acaba por "morrer" de qualquer das formas, tornando o jogo uma frenética luta contra o tempo e pela pontuação mais alta.

Não existe um fim nem uma meta a alcançar – o objetivo é mesmo alcançar uma pontuação cada vez mais elevada. Para tornar o jogo menos repetitivo, existe um vasto sistema de recompensas e centenas de personagens para desbloquear.

Ao longo do trajeto existem círculos amarelos espalhados por diversos locais – não são mais do que moedas que podem ser utilizadas para "comprar" novas personagens. E uma nova personagem não muda apenas o semblante da figura em jogo, muda também elementos como a cor do cenário, os obstáculos e a música. Por exemplo, ao jogar com Simba, do filme Rei Leão, irá alterar o cenário para um ambiente de selva com carros a serem substituídos por animais.

Disney Crossy Road é um divertido e desafiante título, jogado a alta velocidade. As diferentes personagens e cenários baseados nos filmes Disney/Pixar tornam-no pouco repetitivo e levam o jogador a procurar desbloquear o maior número possível de figuras. Está disponível gratuitamente para Android, iOS e Windows Mobile.

Links para as diferentes versões: AndroidiOS | Windows Mobile 

 

Veja o próximo jogo

 

 

Super Stickman Golf 3

Um jogo de golfe diferente, repleto de quebra-cabeças

Cerca de três anos após o seu antecessor, Super Stickman Golf está de regresso com novos campos, modos de jogo e bónus, além de outras divertidas novidades. O jogo é uma mistura de golfe com quebra-cabeças, dividido ao longo de 20 campos, cada qual com nove buracos, todos muito bem concebidos para oferecer um excelente equilíbrio entre diversão e desafio.

O objetivo é colocar a bola no buraco no menor número de tacadas possível. É indicado o número de tacadas para obter uma determinada pontuação e assim ganhar uma estrela de bronze, prata ou ouro. Existe ainda o desafio de conseguir colocar a bola com um número de tacadas abaixo do par, mas sem utilizar nenhum dos diversos power-ups existentes.

Estes elementos serão ajudas indispensáveis para se conseguir ultrapassar os muitos obstáculos que povoam os cenários. De início, o jogador tem apenas que lidar com campos de areia e zonas com água, mas, com o progredir no jogo, começam a surgir outros obstáculos mais complicados de ultrapassar, como paredes que colam a bola, portais e zonas de anti-gravidade. Os diversos desafios obrigam o jogador a pensar antes de jogar, tendo que ter em especial atenção a força e a direção a dar à bola, para que esta chegue ao local pretendido.

Esta versão traz ainda como grande novidade a possibilidade de adicionar um efeito de rotação à bola. Isto é possível de fazer quando a bola está no ar, utilizando o botão correspondente e que aparece no lugar do botão de disparo. Existem vários buracos onde será efectivamente necessário utilizar este efeito para ser bem sucedido. Esta é uma implementação intuitiva e interessante, e, embora pareça tornar o jogo mais fácil, o nível de dificuldade dos diversos buracos faz equilibrar a balança.

Além das 35 personagens únicas para escolher, existem ainda mais de 65 chapéus cuja finalidade é dar habilidades especiais ao golfista. Estes chapéus podem ser comprados ou ganhos em pacotes de cartas ao completar várias tarefas.

A juntar ao divertido e desafiante modo individual, existem ainda modos multijogador por turnos, em que se escolhe um buraco e joga um jogador de cada vez, ou em tempo real, para desafios até quatro jogadores. Aqui, o número de tacadas é simplesmente retirado da equação, pois ganha quem conseguir colocar primeiro a bola no buraco.

Super Stickman Golf 3 é muito divertido e desafiante, introduzindo algumas novidades em relação aos seus antecessores. Está disponível gratuitamente para Android e iOS.

Links para ambas as versões: Android | iOS 

 

Veja o próximo jogo

 

 

Crashlands

Sobreviver num planeta desconhecido utilizando apenas os recursos existentes

Em Crashlands, o jogador assume o papel de Flux Dabes, um camionista espacial que entrega encomendas em todo o universo. A sua pacata rotina é alterada quando Hewgodooko, um alienígena sedento por novas tecnologias, destrói a sua nave e o deixa preso num planeta desconhecido chamado Woanope, sem nenhuma forma aparente de fuga. Começando do nada, o herói, acompanhado por um assistente especial, irá partir numa aventura apaixonante em busca da sobrevivência.

O jogo mistura diferentes géneros – contém aspetos de Minecraft, pois é preciso criar diversos tipos de objetos; é também um RPG em que é possível personalizar a personagem; e é ainda um jogo de aventura em que é preciso enfrentar todos os tipos de monstros e bárbaros, completar missões e combater contra monstruosos bosses.

O objectivo é sobreviver, criar elementos e estruturas, combater inimigos e explorar tudo à volta. Os mapas são enormes, criados em três continentes distintos onde é possível encontrar diferentes recursos. Os criadores do jogo afirmam que levaria décadas para explorar o mundo de Crashlands por completo...

Um dos aspetos mais importantes é a recolha de recursos para construir tudo o que for necessário para continuar a aventura, apanhando todos os tipos de árvores, plantas e pedras, entre outros elementos. Com o progredir no jogo, a dificuldade irá aumentar, obrigando à utilização de ferramentas melhoradas, que irão surgindo ao longo da história ou através da realização de missões que serão confiadas ao personagem por amistosas criaturas residentes no planeta. A maioria destas missões obriga a combater contra diversos adversários, utilizando espadas, martelos ou qualquer outro tipo de objeto que estiver à mão.

Uma das preocupações deste tipo de jogos é o armazenamento, quase sempre reduzido e que obriga a decidir quais recursos guardar. Em Crashlands não existe esse problema pois o armazenamento é infinito, podendo guardar todos os objetos e materiais, não tendo de deixar nada para trás. Outro aspeto importante é que, nas situações em que a personagem "morre", não se perdem todos os materiais, mas apenas uma parte, podendo ainda aceder a um pequeno túmulo para recuperar os restantes.

Crashlands é um sério candidato a ser um dos melhores jogos do ano devido à vasta panóplia de tarefas com diversão garantida por longas horas. Está disponível por cerca de 5 euros para equipamentos Android e iOS.

Links para ambas as versões: Android | iOS 

 

Veja o próximo jogo

 

 

Telepaint

Divertido e desafiante quebra-cabeças, com muita tinta

Telepaint é um quebra-cabeças cujo objetivo é conduzir um balde de tinta até aos seus amigos pincéis. O único problema é que os pincéis estão escondidos em locais de difícil acesso, atrás de paredes fechadas ou do outro lado de abismos intransponíveis.

Mas, felizmente, existem portais de teletransporte que o jogador pode controlar, permitindo arranjar soluções criativas e inteligentes para os mais de 100 desafios existentes. O jogo é fácil no início, mas a complexidade dos níveis sobe gradualmente, levando a algumas situações complicadas e confusas.

O jogador deve ajudar o balde de tinta a evitar perigos, como espinhos e explosivos, enquanto tenta chegar até ao pincel, tendo diversas vezes de apanhar uma chave para desbloquear o acesso ao seu amigo de pinturas.
O balde de tinta anda automaticamente quando o nível começa e apenas muda de direção quando embate numa parede. Para que consiga ultrapassar alguns dos perigos, é preciso utilizar os portais de teletransporte que se encontram espalhados ao longo dos níveis, em locais predefinidos. Para ativá-los basta tocar num para abrir o portal de entrada e depois noutro para abrir o portal de saída.

Existem situações em que é necessário fazer isto rapidamente ou várias vezes, e casos em que serão utilizados outros tipos de objetos através dos portais. Não interessa a cor do portal, apenas ter em atenção que só é possível ter dois portais activos em simultâneo. No momento em que abrimos um terceiro portal, o primeiro será fechado. Quando o personagem atravessa um portal acontece uma explosão de tinta que irá colorir de forma divertida o ecrã de jogo.

A apresentação é feita num estilo semelhante a um antigo televisor, com efeitos ocasionais de distorção estática ou de cor, com a adição de um conjunto de botões estilo VHS na parte inferior do ecrã. Estes permitem retroceder, avançar ou fazer uma pausa na ação. Isto é muito importante, especialmente a opção de pausa, que permite pensar melhor na jogada e ativar os portais com mais calma. É ainda possível voltar atrás, nas situações em que a personagem "morre", ou acelerar a ação para progredir mais rapidamente.

Telepaint é um desafiante quebra-cabeças, disponível por cerca de 3 euros para equipamentos iOS.

Link para iOS 

 

Veja o próximo jogo

 

 

King Rabbit

Ajudar o Rei Coelho a resgatar os seus pequenos amigos

King Rabbit, sequela do aclamado Furdemption, é um jogo de quebra-cabeças e plataformas em que o jogador irá guiar o Rei Coelho numa missão que tem como objetivo resgatar os seus amigos coelhinhos presos em jaulas, evitando todos os obstáculos e perigos ao longo do caminho.

O jogo segue a mesma linha do original, mantendo o design e o tipo de quebra-cabeças. Embora simples de jogar, é também bastante desafiante, especialmente após os níveis iniciais que servem como tutoriais para apresentar a mecânica do jogo.

O Rei Coelho irá encontrar diversos obstáculos ao longo do caminho, como blocos, serras, bombas, alavancas e picos, entre outros. Terá de evitá-los ou utilizá-los em beneficio próprio, como mover blocos para atravessar um rio. Poderá ainda utilizar as bombas para rebentar com muros e paredes, tendo o cuidado de fugir rapidamente do local para não ser atingido pela explosão. Adicionalmente aos obstáculos, existem ainda inimigos que se movem ao longo do mapa para impedir o progresso do herói.

Além de capacidade de raciocínio, o jogo requer ainda alguma destreza em determinados níveis. A dificuldade está bem doseada, não existindo nada que impeça a resolução de um nível. No entanto, para os momentos em que o jogador possa estar com maior dificuldades, existem dicas que irão ajudar a resolver o enigma e a progredir.

O jogo não tem qualquer tipo de limite de tempo para completar o nível, nem tempo de espera para recarregar a energia do personagem. É um bom título de tentativa e erro, em que o jogador dará o seu melhor para garantir que o Rei Coelho chega ao seu destino são e salvo.

Além das moedas, é ainda possível apanhar alguns diamantes em determinados níveis ou também como forma de prémio, surgindo de vez em quando. Estes diamantes podem ser utilizados para personalizar o coelho, alterando o seu aspeto. É ainda possível personalizar a animação dos seus movimentos.

King Rabbit é um jogo simples, intuitivo e muito viciante, com uma boa dose de desafios para qualquer tipo de jogador. É gratuito e está disponível em exclusivo para iOS.

Link para iOS

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.