Os smartphones são verdadeiras caixinhas de surpresas se foram equipados com as aplicações certas e por isso todas as semanas a equipa do SAPO TEK reserva uma parte do seu tempo à procura das melhores novidades, ou a descobrir apps que já não são novas mas que trazem funcionalidades úteis, ou bons momentos de distração. Para smartphones ou tablets iOS e Android.

Esta semana não há muitos jogos no leque de apps escolhidas, mas vai encontrar uma app que usa o processamento do smartphone para ajudar na investigação de tratamentos para a COVID-19, enquanto outra promete ajudar a combater a procrastinação. Siga pela lista de aplicações e veja quais podem ser úteis para si.

Farto do ruído de fundo nas videoconferências e chamadas importantes? A Krisp pode dar uma ajuda

Além de ser compatível com vários tipos de microfones e altifalantes, a Krisp pode ser usada em combinação com mais de 800 aplicações, incluindo o Skype, a Zoom, o Discord, a Cisco WebEx e o Google Hangouts.

A transição para o trabalho remoto nem sempre é fácil, especialmente quando existem muitas distrações ruidosas em casa: desde crianças irrequietas a vizinhos barulhentos, passando ainda por animais de estimação a pedir atenção. Além de ter um impacto negativo no nível de concentração, o ruído acaba por dificultar situações como videoconferências ou chamadas importantes.

A Krisp é uma aplicação de redução de ruído que promete ajudá-lo a trazer um pouco mais de “paz” às reuniões virtuais. Se está a trabalhar num ambiente particularmente barulhento precisa apenas de premir um botão para focar a atenção na sua voz ou na dos participantes.

O segredo por trás da Krisp está na inteligência artificial. A empresa que criou a aplicação treinou um modelo de machine learning, o krispNet DDN, para reconhecer vozes de pessoas ao microfone. A IA é capaz de detetar todos os ruídos exteriores disruptivos e de eliminá-los do áudio que está a ser transmitido.

Veja a app Krisp em ação

A empresa afirma que a aplicação é compatível com qualquer tipo de microfone, de headset e de altifalantes. Além disso, a Krisp pode ser utilizada em combinação com mais de 800 aplicações, incluindo o Skype, a Zoom, o Discord, a Cisco WebEx e o Google Hangouts. A pensar em quem precisa de alguma ajuda a ligar a Krisp a diferentes plataformas, o canal de YouTube da empresa conta com vários tutoriais simples.

A aplicação está disponível para Windows e MacOS, assim como para o Chrome e para iOS. A aplicação mobile da Krisp conta também com um calendário de reuniões virtuais para que não perca o “fio à meada”.

Além do modo gratuito, com 120 minutos semanais de cancelamento de ruído sem custos adicionais, a Krisp disponibiliza várias modalidades pagas. O modo “Pro”, por exemplo, conta com minutos ilimitados e suporte até três dispositivos diferentes por 3,33 dólares por mês.


Transforme o seu smartphone numa pedaleira eletrónica e faça música com esta aplicação

A app finlandesa encontrou uma utilidade criativa no sensor de proximidade do smartphone.

Chama-se Beats and Loops, foi desenvolvida por uma empresa finlandesa, e pode ser uma solução prática (e barata) para quem procura uma pedaleira. A app está disponível para iOS e Android e faz exatamente aquilo que promete: transforma o seu telemóvel numa pedaleira virtual.

A app recorre ao sensor de proximidade do smartphone para possibilitar a interação com o utilizador. Na prática, é possível iniciar um beat ou um loop assim que aproxima o pé do equipamento. Escusado será dizer que convém colocar o telefone no chão e apoiar o pé no calcanhar para evitar pisar o display.

O sensor de proximidade é normalmente utilizado para desativar o ecrã durante chamadas, para evitar que a cara do utilizador pressione alguma opção enquanto tem o smartphone encostado ao rosto. A Kovaluu, empresa responsável pela app, escreve que o sensor pode ser utilizado para outros fins, sendo este produto um bom exemplo disso.

A app tem 50 presets de bateria e outros excertos musicais que podem ser utilizados em composições musicais da sua autoria. É ainda possível gravar música, colocá-la em loop e continuar a criar por cima disso. A Kovaluu esclarece que basta o microfone do telemóvel para fazer estas gravações que, de acordo com a empresa, ficam automaticamente sintonizadas com o beat.

Para além destas ferramentas, a app traz ainda um metrónomo e um afinador. A Beats and Loops custa 4,09 euros para Android e 4,49 euros para iOS.


É fã das histórias da NASA e SpaceX? Há um jogo onde pode construir foguetões espaciais

A proposta Rocket Star incentiva os jogadores a desenvolverem novas tecnologias espaciais e a lançar foguetões ao espaço para descobrir outros planetas.

Rocket Star é um jogo de simulação que coloca o jogador na pele de um chairman responsável por uma fábrica de foguetões. O objetivo é explorar o negócio espacial, contratando os melhores talentos para trabalhar na empresa, investigar novas tecnologias e construir novos modelos de foguetões para enviá-los ainda mais longe e descobrir novos planetas.

À medida que cumpre os objetivos terá de expandir as instalações e pesquisar novos componentes para as naves, assim como aumentar a produção de foguetões. É possível visitar a Lua, Marte, Júpiter, mas estes planetas da nossa galáxia são apenas o início da aventura espacial. O jogo tem um sistema que permite dar ordens à equipa, que mesmo ausente da partida continua a trabalhar. Quando regressa, terá amealhado novas tecnologias e dinheiro com as missões entretanto concluídas.

Para além dos trabalhos de simulação da fábrica, os jogadores devem gerir o programa espacial, aceitando missões como o envio de satélites ou a construção de bases em outros planetas. Mas para garantir que a empresa evolua, terá de contratar cientistas e empreendedores com novas ideias para explorar. Mas talvez o mais interessante, é a possibilidade de os jogadores criarem o seu foguetão de sonho e competir com Elon Musk e a sua Spaceship.

Pode fazer o download do jogo gratuitamente em versões Android e iOS.


Como pode ajudar na investigação da COVID-19 enquanto dorme? A app DreamLab é a resposta

A proposta é relativamente acessível: transferir a aplicação gratuita e carregar o smartphone durante a noite enquanto tem a app ativa. Assim estará a “alimentar” um supercomputador virtual que analisa milhões de dados relacionados com a pandemia.

O DreamLab foi desenvolvido em 2015 pela Fundação Vodafone Austrália para apoiar projetos de investigação sobre o cancro, mas em plena pandemia ganha um novo propósito. Os portugueses podem ajudar os cientistas do Imperial College London a acelerar a sua investigação sobre o tratamento da COVID-19, instalando a app e fazer algo que já poderão fazer normalmente: carregar o smartphone enquanto dormem, mas tendo a aplicação ativa.

A app alia a inteligência artificial ao poder de processamento dos smartphones, criando um supercomputador virtual com capacidade para analisar milhões de dados. Desta forma, enquanto carrega o seu telemóvel está a "alimentar" o sistema do Imperial College London.

Com o algoritmo a ser agora reprogramado para ser utilizado no combate à COVID-19, a grande mais valia desta app é a "rapidez e a facilidade no processamento", garante a Vodafone em comunicado. "Enquanto que um computador ligado 24 horas por dia levaria décadas a processar estes dados, uma rede de 100 mil smartphones, com a aplicação ativa durante a noite, consegue realizar o mesmo trabalho em apenas dois meses", explica.

Numa primeira fase o projeto de investigação pretende identificar medicamentos e moléculas dos alimentos com propriedades antivirais. Concluída esta recolha, pretende-se otimizar a combinação entre estes medicamentos e os alimentos, para melhorar a sua eficácia no tratamento do coronavírus. Os investigadores acreditam que, a longo prazo, este trabalho pode acelerar o acesso a medicamentos eficazes e permitirá tratamentos personalizados contra o novo coronavírus.

Todos os portugueses podem assim contribuir para esta investigação ao fazer download da app gratuita para iOS e Android, disponível noutros 10 países, incluindo Espanha e Itália. A empresa recomenda a utilização de Wi-Fi quando se utiliza esta app, mas garante que os clientes da Vodafone não serão taxados pelos dados móveis usados por esta aplicação.


Resolva mistérios e quebra-cabeças para encontrar a saída em Great Escapes

Como o nome deixa adivinhar, este é um jogo onde terá de escapar de determinada situação. Algo que só vai ser possível se conseguir resolver os mistérios apresentados.

Great Escapes coloca os jogadores em determinados espaços de onde é necessário escapar, mediante a resolução de puzzles e outros desafios, mas ao contrário de outros títulos do mesmo género, com quebra-cabeças excessivamente obtusos, projetados para obrigar a pagar por dicas, neste caso as dicas são todas gratuitas

Em vez de 50 quartos e inúmeros anúncios, os criadores de Great Escapes preferem usar pacotes que reunem várias salas, bem projetados e pensados”, garantem.

Uma outra caraterística de destaque é a Glitch Camera, uma câmara fotográfica que permite tirar fotos de tudo o que encontrar que lhe chame a atenção, para reunir e analisar pistas e em que pode fazer as anotações que o vão ajudar a resolver os quebra-cabeças.

Great Escapes é um jogo de download gratuito e está disponível para Android e iOS.


Fuja à procrastinação online e aumente a produtividade com a app FocusMe

Ao passar mais tempo em casa, a tentação de estar todo o dia a fazer "scrolling" nas redes sociais ou a "surfar" a web aumenta. A FocusMe permite bloquear a utilização de certas aplicações ou websites e ainda estabelecer limites que se adaptam às necessidades do utilizador.

Nem sempre é fácil escapar às inúmeras distrações da Internet e, agora que ficar mais tempo em casa passou a ser mais comum, cair no “buraco negro” da procrastinação online acaba por tornar-se algo frequente para muitos. Quer esteja a tentar manter o foco no trabalho ou num projeto pessoal, a FocusMe pode ajudá-lo a fugir às distrações e aumentar a produtividade.

Através da FocusMe pode bloquear a utilização de certas aplicações de uma forma simples. A aplicação também permite ao utilizador estabelecer limites que se adaptam às suas necessidades. O utilizador necessita apenas de escolher as aplicações em questão e indicar o limite que pretende estabelecer, seja ele de apenas uma hora ou então de vários dias.

A pensar em quem sente a tentação de “contornar” as regras e tentar aceder, por exemplo, às redes sociais através do navegador, a FocusMe pode também ser configurada para funcionar na maioria dos browsers.

A FocusMe está disponível para Android e pode ser encontrada gratuitamente na PlayStore. Além disso, a aplicação dispõe de uma versão para desktop. Embora não seja grátis, a FocusMe para Windows ou macOS apresenta funcionalidades mais avançadas, como uma agenda onde o utilizador pode estabelecer limites com mais antecedência, um timer para quem usa a técnica de produtividade Pomodoro ou ainda acesso a estatísticas de utilização.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.