O rol de novidades no universo das aplicações mobile não para e, por aqui, temos sempre propostas interessantes para lhe apresentar. Na seleção que fizemos ao longo dos últimos dias temos uma app que lhe trata dos “to dos”, outra que permite transcrever os momentos mais importantes dos seus podcasts favoritos, e outra em que vai poder cantar como o Freddie Mercury.

Saiba ainda que a aplicação da GoPro mudou o nome para Quik e ganhou novas funcionalidades e ferramentas de edição e que a aplicação de messaging Telegram tem uma nova funcionalidade para concorrer com o Clubhouse.

Transcreva os momentos mais importantes dos seus podcasts favoritos com uma app gratuita

Com a Momento é possível assinalar as partes mais importantes de um podcast à medida que o ouve e, em segundos, verá a transcrição das mesmas. Através da aplicação é também possível aceder a uma vasta seleção de podcasts disponíveis em múltiplas categorias.

Imagine: está a acompanhar o seu podcast favorito e de repente ouve uma ideia que desperta a sua curiosidade. Decide apontá-la algures, mas, no momento em que começa a escrever, a ideia desvanece da sua mente.

Está farto de “rebobinar” o podcast que estava a ouvir para encontrar aquele momento mais importante e depois tentar apanhar tudo o que está a ser dito? A Momento promete facilitar todo o processo.

Através da aplicação pode assinalar os momentos mais importantes de um podcast à medida que o ouve: seja algo inspirador, engraçado ou simplesmente marcante. Em segundos, verá a transcrição dos mesmos acompanhada da marca temporal exata no episódio.

Ao navegar na Momento é possível aceder a uma vasta seleção de podcasts disponíveis em múltiplas categorias. Mesmo assim, se não encontrar o seu preferido, sempre pode sincronizar a aplicação com plataformas como o Spotify.

A aplicação é gratuita e está disponível tanto para Android, através da Play Store, e para iOS, na App Store. Para já, a funcionalidade de transcrição da Momento é apenas compatível com podcasts em inglês, no entanto, o suporte a outras línguas poderá estar nos planos para o futuro.


Aplicação da GoPro muda o nome para Quik e ganha novas funcionalidades e ferramentas de edição

Entre as novidades encontra-se um editor automático de vídeos, com filtros exclusivos, ideias para partilhar nas redes sociais.

A GoPro anunciou a mudança de nome da sua aplicação de suporte às câmaras fotográficas de ação. Agora chama-se Quik e para além de um novo design, a aplicação introduz mais ferramentas de edição para os fãs dos seus populares equipamentos fotográficos.

A principal novidade é a introdução de ferramentas de edição, que permitem aos utilizadores esticar, cortar, colorir e outras opções para criar vídeos e slideshows com o material captado. Pode ainda adicionar dezenas de filtros e mudar a velocidade do vídeo com apenas um toque, ferramentas mais direcionadas a criadores de conteúdos para as redes sociais. Tem ainda um novo recurso interativo chamado Mural, que destaca os principais momentos da ação.

A aplicação não funciona em exclusivo com os conteúdos captados com a câmara. Os utilizadores podem importar fotos e vídeos de outras câmaras e smartphones. E com apenas um toque, a aplicação consegue criar vídeos automaticamente. A fabricante promete ainda uma melhor estabilidade na ligação remota entre o smartphone e a câmara GoPro.

Pode fazer o download gratuito da aplicação para iOS e Android.


Tem coisas para ver, ler, ouvir ou mesmo fazer mais tarde? A DoMarks trata disso

Gratuita, a app DoMarks é uma espécie de agregador de bookmarks para tudo. Isso inclui desde leituras pendentes, a compras por fazer, sem esquecer as músicas que tem de ouvir ou as séries que não pode perder.

Guardar para mais tarde, mas de forma organizada parece ser o lema da DoMarks. Com esta aplicação é possível agregar diferentes marcadores, classifica-los ou criar novas categorias, consoante o que se tem em mãos.

Quer seja o link de um vídeo ou o endereço de um blog, transforme-os em tarefas a que é possível “regressar”. Categorize-os como quiser, primeiro com uma ação a ser executada e, em seguida, tags que o ajudam a fazer listas específicas de itens a realizar.

Um dos elementos diferenciadores desta aplicação consiste na possibilidade de adicionar contexto às diferentes “marcações”, atribuindo ações a cada uma. Pode criar facilmente uma lista de vídeos para assistir, artigos para ler ou podcasts para ouvir mais tarde.

A DoMarks é gratuita com compras integradas. Está disponível para dispositivos iOS e MAC a partir da App Store.


Já pode “cantar” como o Freddie Mercury em Queen: Rock Tour em jogo para smartphones

Mais que um jogo rítmico e de perícia, este jogo oficial é uma autêntica história da banda britânica, com as músicas icónicas para ouvir e “interpretar”.

Os jogos rítmicos podem já não estar na moda, como Guitar Hero ou Rock Band, mas há sempre uma ou outra nova proposta que nos faz viajar pela nostalgia, e este Queen: Rock Tour é certamente um deles. Tratando-se de um produto oficial da banda de Freddie Mercury, significa que vai ter acesso a um catálogo precioso de músicas licenciadas, e não aquelas “covers” por vezes manhosas deste tipo de jogos para smartphones.

E toda a produção é bastante boa, com os quatro membros da banda (Freddie Mercury, Brian May, John Deacon e Roger Taylor representados por figurinhas animadas em forma de caricatura. O que o jogo propõe é uma viagem pela história da banda britânica, desde os primórdios do primeiro álbum Queen, lançado em 1973, passando pelo meteórico sucesso Bohemian Rhapsody do álbum A Night at the Opera de 1975 que catapultou o grupo para o estrelato. Ao todo são cerca de 20 clássicos da banda, incluindo Radio Ga Ga, We Will Rock You e We Are the Champions.

A jogabilidade é simples e oferece seis linhas que deve tocar no ritmo correto. Cada elemento da banda tem uma cor, o que significa que se enganar num deles, o respetivo instrumento ou voz “paralisa” por breves instantes. A ideia é acumular pontuações e bónus, fazendo combos de multiplicador.

O jogo tem ainda um sistema de colecionáveis em que vai amealhando discos de ouro mediante a performance, mas também moedas para adquirir novos fatos para os membros da banda. O jogo deixa ainda reproduzir as performances no palco, criando as próprias coreografias, em animações muito parecidas com as suas contrapartes reais.

Sem dúvida que este é um jogo criado com carinho para os fãs e podem ser descarregado gratuitamente em smartphones Android e iOS.


Telegram tem uma nova funcionalidade para concorrer com o Clubhouse

A aplicação de messaging continua a adicionar funcionalidades e agora são as conversas de áudio sem limites de participantes, ultrapassando o que está definido no Clubhouse.

A falha de serviço que ontem afetou as aplicações do Facebook deixou muitas pessoas sem acesso aos meios habituais de troca de mensagens, quer no WhatsApp, Messenger e Instagram, e o Telegram voltou mais uma vez a ser referido como uma alternativa.

Ainda ontem a rede social lançou uma nova funcionalidade, o Voice Chats 2.0, que reforça as conversas em canais de áudio criadas na aplicação, com opções de listas que organizam de forma diferente os oradores e os ouvintes.

Tal como acontece com o Clubhouse, quem quiser intervir tem de "levantar a mão", para que se abra o acesso ao microfone.

Com esta atualização deixa de existir também limitação do número de participantes, o que faz com que os chats possam ser acompanhados por milhões de ouvintes ao vivo. Este é um ponto positivo face ao Clubhouse que tem um limite de 5 mil participantes.

No Telegram as conversas também podem ser gravadas e os administradores podem depois disponibilizá-las nos canais ou grupos.

A app pode ser descarregada gratuitamente da loja Google Play para Android e App Store para Apple.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.