O TikTok continua a lançar novidades permanentes, para atualizar a plataforma e fazer cada vez mais dela uma fonte de receita para quem tem muitos seguidores. A rede social está a testar uma nova funcionalidade, que vai permitir a quem ganha dinheiro com o serviço remeter um conjunto de tarefas, para uma nova área dedicada à gestão de talento.

O Talent Manager Portal já estará em testes e vai permitir a quem gere contas, com muita repercussão na plataforma, ter acesso a um conjunto de recursos num mesmo local, para poder interagir com potenciais clientes, fechar ou gerir contratos relacionados com contas no TikTok, ou ter acesso a diversos indicadores, sobre a performance da conta ou os resultados de determinada campanha a ela associada.

A solução é direcionada para criadores, marcas e gestores de talento e está disponível através de uma área do site com acessos próprios. Ou seja, uma celebridade do TikTok, que delegue as tarefas de monetização da sua presença na rede social em alguém, pode partilhar as credenciais deste Marketplace com quem desempenha a tarefa, sem ter de fornecer os dados de acesso à sua conta pessoal no serviço.

A notícia deste novo recurso foi dada pelo TechCrunch, mas o TikTok também já confirmou que está de facto a trabalhar numa primeira versão de testes do portal. Não adiantou se o plano é disponibilizar o recurso de forma aberta a quem o queira usar, a um leque selecionado de parceiros, ou mesmo se já está seguro que a funcionalidade passará de um teste a uma versão final e quando isso acontecerá. Também não foram revelados os gestores de talento que já podem experimentar a novidade.

O TikTok continua a ser um fenómeno de popularidade e uma das redes sociais mais rentáveis da atualidade, mesmo com os holofotes de reguladores e decisores políticos apontados, em diferentes regiões do globo.

Nos Estados Unidos, a utilização do serviço já deixou de ser permitida em organismos federais, na dependência da Câmara dos Representantes e do Senado, uma decisão também já tomada em vários Estados do país.

Na Europa, a plataforma detida pela chinesa Bytedance, foi recentemente multada em França, por causa da utilização indevida de cookies. As autoridades da Comissão Europeia têm também estado a analisar como faz a empresa a gestão da privacidade dos dados dos utilizadores.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.