Os smartphones voltam a integrar a lista de prendas mais desejadas neste, de acordo com o mais recente estudo da Cetelem. Os telefones seguem na quinta posição, mas há mais tecnologia no top 10 natalício.

A prenda mais mais desejada pelos portugueses é vestuário, neste caso, para 34% dos inquiridos no estudo Observador Cetelem Natal 2017. Menção especial também para os perfumes e relógios, produtos desejados por 15% das pessoas, enquanto 12% dos consumidores nacionais gostariam de receber produtos culturais, como livros ou CDs.

Preferidos por 11% dos portugueses, os telemóveis e smartphones estão então na quinta posição da lista de preferências. Seguem-se as viagens, os acessórios de moda e os packs de lazer. Completam o top dos presentes os tablets e eletrodomésticos e eletrónica de consumo – como TV, Hi-Fi, Video. 

O estudo da Cetelem revela ainda que metade dos consumidores nacionais tencionam comprar uma prenda de natal para si. Uma tendência que se tem vindo a consolidar nos últimos anos e que aumentou 24 pontos percentuais em cinco anos - face aos 26% de 2013.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.