Ao longo dos últimos anos, e à medida que cresce a sensibilização para temáticas como as alterações climáticas, a sustentabilidade passou a fazer parte das estratégias das grandes empresas tecnológicas e as fabricantes de smartphones não são uma exceção. De acordo com um novo relatório da Counterpoint Research, a Apple e a Samsung são as fabricantes que se destacam no que respeita à adoção de estratégias mais “amigas” do ambiente.

Segundo os especialistas, que analisaram a forma como as cinco principais fabricantes de smartphones estão a tomar medidas para reduzir o impacto ambiental, cada empresa tem uma abordagem própria quanto à sustentabilidade, no entanto, a da Apple apresenta-se como mais clara do que as restantes, com a maioria das ações tomadas a suportarem a sua visão.

Counterpoint Research | Smartphones and Circular Economy: Creating a Sustainable Future
créditos: Counterpoint Research

Já no que respeita à produção, que se estima ser responsável por 80% da pegada carbónica dos smartphones, as abordagens centram-se frequentemente na forma como os equipamentos são fabricados com materiais mais ecológicos e como certos métodos de fabrico foram alterados para poupar recursos. 

No entanto, o relatório lembra que a questão é mais complexa do que parece e, embora este tipo de iniciativas seja um passo na direção certa, as receitas e lucros continuam a ser os grandes objetivos das empresas.

O que as gigantes tecnológicas estão a fazer para investir no planeta e criar um futuro mais sustentável?
O que as gigantes tecnológicas estão a fazer para investir no planeta e criar um futuro mais sustentável?
Ver artigo

Com a sustentabilidade na lista de prioridades, as fabricantes têm de encontrar um equilíbrio entre incentivar os consumidores a substituírem os seus smartphones por modelos mais recentes e motivá-los a terem hábitos ambientais mais conscientes.

Por um lado, marcas chinesas como a OPPO, Xiaomi e Vivo, têm vindo a reunir esforços para melhorar o tempo de vida útil da bateria e eficiência dos equipamentos.

Por outro, a Apple é quem se destaca no que toca à longevidade dos smartphones, assim como no suporte a atualizações de software e inovações em prol da sustentabilidade. Para a Samsung, entre os pontos fortes somam-se a reparação, eficiência energética e as redes de serviço pós-venda.

Apple já começou a vender peças e ferramentas para reparação de alguns modelos de iPhone
Apple já começou a vender peças e ferramentas para reparação de alguns modelos de iPhone
Ver artigo

O mercado de smartphones recondicionados tem vindo a crescer exponencialmente ao longo dos últimos anos, impulsionado principalmente por iniciativas das operadoras e de empresas especializadas. No entanto, as iniciativas por parte das fabricantes continuam a ser limitadas.

O relatório detalha que marcas como a OPPO, Vivo e Xiaomi ainda têm muito caminho a percorrer, tendo em conta o volume de equipamentos produzidos todos os anos. Já a Apple e a Samsung lideram nesta área, se em que a maioria do processo de recondicionamento seja feito por outros intervenientes.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.