Já começaram os rumores sobre os próximos modelos de iPhone. Ontem foi avançado que os smartphones da marca da maçã poderiam ter uma câmara central, designada como “ciclope”. Hoje fala-se de um sistema de tripla lente na traseira e uma aposta na realidade aumentada. Quem avança com a previsão é a Bloomberg, referindo algumas novidades no alinhamento de dispositivos da Apple, incluindo novos iPads de entrada de gama e uma versão atualizada do iPhone Xr.

É explicado que a aposta na terceira câmara pretende capturar mais pixéis, permitindo ao software do equipamento reparar automaticamente uma fotografia ou vídeo. As fotos “ao vivo” que podem ser capturadas por três segundos seriam estendidos para seis segundos.

Outra das novidades, apesar da previsão de um design muito semelhante aos atuais modelos Xs, é a substituição da ligação Lightning pelo já “universal” USB-C. Não se sabe se a Apple irá mesmo decidir pelo sistema, mas o especialista afirma que a fabricante se encontra, pelo menos, a testar a ligação. Prevê-se ainda uma atualização de hardware, com processadores mais rápidos e melhorias no sensor Face ID, capaz de detetar as faces a uma maior distância, até 50 centímetros, devido à substituição do sistema de projeção do pontinho (dot), para tecnologia de laser.

Em relação às câmaras, o relatório do especialista da Bloomberg menciona que a fabricante estará a trabalhar num sistema 3D, suportado pelo laser, de forma a fazer um scan do ambiente em redor e recriá-lo tridimensionalmente no equipamento. O sistema poderá ser a contribuição da empresa de Tim Cook no avanço da tecnologia de realidade aumentada, capaz de oferecer uma melhor sensação de profundidade e colocação dos objetos virtuais.

O especialista refere ainda que a introdução de novas funcionalidades de realidade aumentada, nos próximos iPhones, poderá ser uma espécie de aperitivo a um headset AR, que a Apple estará a preparar para 2020.

Sobre os planos para o iPad, um modelo atualizado da versão de entrada do tablet pode ser lançado já nesta Primavera, contendo um processador mais rápido e um ecrã de 10 polegadas. Poderá também ser lançado um iPad Mini revisto, já que desde 2015 não é atualizado.

Existem outras novidades para 2019 no pomar da maçã, sobretudo a versão 13 do iOS, que irá introduzir o esperado modo “dark” para ser mais fácil ver as imagens durante a noite. Os serviços de subscrição estarão na mira da empresa, sobretudo focados no gaming, mas também nas áreas da saúde e televisão, como o próprio Tim Cook deixou no ar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.