A guerra comercial dos EUA contra a Huawei teve um impacto negativo no mercado Europeu e Portugal também sentiu o abalo, com uma quebra de 2,4% face aos dados do terceiro trimestre de 2018. Segundo os dados da IDC a Huawei vendeu neste trimestre 186 mil unidades em Portugal, em conjunto com a marca Honor, e representa 28,8% do mercado.

"O bloqueio que os Estados Unidos colocaram à Huawei está a começar a expôr a gravidade da situação em que a empresa se encontra no segmento de smartphones", explica Francisco Jerónimo, vice presidente de equipamentos da IDC EMEA. Mesmo assim, o analista diz que "a queda foi menor que o previsto, uma vez que, durante o verão houve um esforço grande por parte dos retalhistas e operadores em escoar as unidades em stock".

Huawei já é a segunda marca mais vendida de smartphones e ameaça liderança da Samsung
Huawei já é a segunda marca mais vendida de smartphones e ameaça liderança da Samsung
Ver artigo

E a situação pode não mudar rapidamente. "Com o imprevisível lançamento de novos produtos (com os serviços da Google) no futuro, a situação vai tornar-se dramática nos próximos trimestres para a marca chinesa", avisa Francisco Jerónimo.

Samsung e TCL crescem em Portugal

Em primeiro lugar está a Samsung, com um crescimento de 15,7% e 215 mil unidades vendidas. A marca tem 33% do mercado e é a que mais beneficia da queda da Huawei. Mas também a TCL - com a Alcatel - está a tirar partido desta situação, crescendo 35,1%, com 38 mil unidades vendidas.

A Apple está em terceiro lugar nas vendas, com 67 mil unidades e um crescimento marginal de 0,6%, mas mantendo 10,4% do mercado. Curiosamente a Xiaomi está a perder terreno e registou uma quebra de 0,2% face ao mesmo período de 2018, com 33 mil unidades vendidas.

Huawei continua a aproximar-se da Samsung a nível global

Apesar da quebra na Europa, a Huawei conseguiu um crescimento de 28% nas vendas globais, com a quota de mercado a chegar perto dos 19%. São as vendas na China que sustentam a subida global da Huawei, com 66,6 milhões de smartphones vendidos quando no mesmo trimestre do ano anterior foi só 52 milhões.

A Samsung continua a liderar, com 78,2 milhões de equipamentos vendidos, enquanto a Apple vendeu 46,6 milhões. A Xiaomi ficou em quarto lugar, com 32,7  milhões e a Oppo em quinto, com 31,2 milhões.

Juntas, a Samsung, a Huawei e a Apple têm mais de 50% do mercado, mostrando o domínio das três marcas.

tek idc venda smartphones global 3º trimestre 2019

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.