As colunas inteligentes têm sido bastante polémicas por razões de privacidade e agora é a vez do Google Home apresentar, mais uma vez, um ponto crítico, que já foi corrigido. Depois de uma atualização feita a alguns equipamentos, a coluna inteligente da Google conseguia gravar "incorretamente" os seus utilizadores, mesmo quando não tinham ativado a assistente inteligente, dizendo a frase de ativação como "ok Google".

Depois de uma queixa de um utilizador no Reddit, a empresa confirmou o incidente de forma discreta, numa página de suporte. A gigante tecnológica explica que atualizou um determinado número de equipamentos com o Google Assistant, não especificando quantos, para responderem a sinais auditivos, sem ser necessário a frase de ativação escolhida pelo próprio consumidor.

O que faz “acordar” acidentalmente a Siri e Alexa? Há uma lista de mais de 1.000 palavras e frases
O que faz “acordar” acidentalmente a Siri e Alexa? Há uma lista de mais de 1.000 palavras e frases
Ver artigo

Antes disso, o Protocol já tinha dado conta da falha do assistente digital da Google que afetava a privacidade dos utilizadores. Ao site, a empresa garantiu que se tratou de um erro rapidamente corrigido.

A verdade é que colunas inteligentes de várias marcas, e os próprios assistentes virtuais, têm estado "mergulhados" em polémicas. Em março de 2020, por exemplo, um estudo revelou que estas colunas podem “acordar” por engano até 19 vezes por dia. Os especialistas concluíram que as assistente inteligentes com mais ativações acidentais são as da Apple e da Microsoft.

No caso do Homepod, a Siri “acordava” sempre que surgiram palavras que rimavam com “hi” ou “hey” seguidas por algo que começava pela letra S, ou ainda por algo que rimava com “ri”. Já a Cortana era ativada quando ouvia palavras começadas por “Co”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.