A linha de smartphones da TCL tem crescido desde o lançamento do primeiro modelo na IFA 2019 e a empresa não quis deixar de marcar presença na IFA Special Edition, que começa hoje em Berlim e que se estende até dia 5 de setembro. Mas não há ainda novos telemóveis, nem modelos de ecrã flexível.

Para a feira de eletrónica, que marca o arranque da que é tradicionalmente a principal época de venda de produtos de eletrónica de consumo, a TCL  traz na bagagem dois tablets desenhados para quem quer tirar mais partido do entretenimento, um smartwatch e novos auriculares.

"As novas categorias de produtos tiram partido da nossa aposta no conceito de 'display greatness'", explicou ao SAPO TEK Stefan Streit, responsável de marketing global da TCL, ainda antes da IFA começar, destacando que o know how da empresa em termos de ecrãs permite criar um ecossistema à volta da marca TCL.

Os dois tablets foram pensados para utilização em funcionalidades de telescola ou teletrabalho, reduzindo a fadiga ocular. O  TCL 10 TABMAX e o TCL 10 TABMID são apresentados como máquinas de produtividade e os ecrãs têm uma qualidade Full HD.

O TCL 10 TABMAX tem um ecrã FHD+ de 10,36 polegadas e uma moldura reduzida a 8,3mm para melhor visualização do conteúdo. Para melhorar a produtividade o TCL TABMAX traz uma caneta, a TCL Stylus que serve para desenhar, escrever ou rabiscar no ecrã.

O TCL 10 TABMID é mais um companheiro de comunicação, com ligação 4G e a TCL diz que a ideia é poder ser usado como um assistente digital, ligado ao Google Assistant para videochamadas ou outras tarefas.

Os novos tablets vão chegar ao mercado português no fim do ano ou no início de 2021 e os preços são de 299 ou 349 euros para o TABMAX, e 249 euros para o TABMID

Um smartwatch com funcionalidades para utilizadores sénior e auriculares sem fios

A TCL tem já uma série de smartwatches na sua linha de produtos da Alcatel mas lança agora um novo relógio dirigido especificamente aos utilizadores mais velhos, o TCL MOVETIME MT43A , que tem ligação 4G para chamadas, mas também deteção automática de quedas, monitor cardíaco e lembretes de medicação.

Esta é uma área que a TCL acredita que está a crescer e que melhora a autonomia de utilizadores idosos que vivem sozinhos. Uma queda gera automaticamente um alerta para os contactos de emergência, e é possível enviar mensagens de voz e texto a partir do telemóvel.

TCL MOVETIME MT43A
créditos: TCL

O relógio tem um design clássico e está disponível em cinzento e preto, com um ecrã tátil AMOLED, em dimensões de 41 e 48,5 mm e vai chegar a Portugal no final deste ano por um preço de 250 euros.

Na linha de áudio o SAPO TEK já tinha visto alguns auriculares da TCL na CES 2020 mas os MOVEAUDIO S200 trazem melhorias na qualidade de som para atender chamadas ou ouvir música, com quatro microfones embutidos e capacidade de filtrar o ruído externo. Os auriculares têm uma bateria que dura 3,5 horas e vão estar disponíveis por um preço abaixo dos 100 euros.

TCL MOVEAUDIO S200
créditos: TCL

Dois projetos de futuro para interfaces diferentes

Uma das apostas da TCL é nos ecrãs NXTPAPER, numa combinação entre ecrã e papel que não afeta a visualização de conteúdos multimédia (como streaming de filmes e séries ou jogos) e melhora a qualidade da leitura em relação ao tradicional e-ink.

"A TCL NXTPAPER tem um contraste superior em 25% para uma melhor visualização e quando comparada como um ecrã LCD standard", explica Stefan Streit, adiantando ainda que reduz em 60% o consumo de energia.

A tecnologia ainda não é comercial, e tem algumas arestas para limar, mas pode trazer uma diferenciação relevante para o futuro dos ecrãs de tablets, ultrapassando algumas das limitações que existem na tecnologia de "tinta eletrónica) (e-ink) dos livros eletrónicos como os Kindle e dos Kobo.

O SAPO TEK experimentou o modelo que foi mostrado por Eric Beton, da equipa da TCL, na conferência, e verificou que há vantagens, mas também inconvenientes, nomeadamente a falta de luz própria em ambientes escuros, que limita para já a utilização em ambientes fechados, sem luz natural ou com pouca luz artificial.

Outro dos conceitos que a TCL trouxe à IFA é o projeto Archery, já na versão 3.0. Já tínhamos experimentado os óculos da TCL no ano passado mas há agora melhorias na qualidade da imagem e na usabilidade.

O SAPO TEK vai acompanhar ao vivo e online todas as novidades que pode seguir através das notícias que vamos partilhar ao longo dos próximos dias.

Nota da redação: A notícia foi atualizada depois da conferência. Última atualização 14h00

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.