Logo que um novo smartphone, ou qualquer outro equipamento eletrónico, é lançado, seguem-se as já tradicionais “desmontagens” para descobrir que mistérios esconde o seu interior. O recém-apresentado iPhone SE 2020 é o mais recente dispositivo a passar pela mesa de “autópsia”, desta vez pelo canal de YouTube chinês AA Tech.

É verdade que a segunda geração do iPhone SE toma muita inspiração do iPhone 8, mas com uma atualização no hardware. Mas, além de alguns elementos “emprestados” dos atuais modelos topo de gama da Apple, como o processador A13, que diferenças existem entre o novo iPhone SE e o iPhone 8? O que acontece se os seus componentes forem trocados entre si? A equipa do canal AA Tech decidiu por mãos à obra e encontrar respostas para todas as questões.

Por fora, a única diferença entre smartphones encontra-se na posição do logotipo da Apple, que no caso do modelo mais recente se encontra centrado. Para chegar ao interior dos equipamentos, o processo acaba por revelar-se semelhante em ambos os casos.

Ao abrir o novo iPhone SE 2020, é possível verificar que a configuração dos componentes no interior é muito parecida à do modelo lançado em 2017. Para pô-los a prova, o perito da AA Tech decidiu trocar os ecrãs, as motherboards e até as baterias. Surpreendentemente, os smartphones continuam a funcionar, se bem que algumas funcionalidades, como as câmaras traseiras, acabem por não operar a 100%.

iPhone SE 2020 é mais poderoso do que o XS Max, mas não ultrapassa a mais recente geração da Apple
iPhone SE 2020 é mais poderoso do que o XS Max, mas não ultrapassa a mais recente geração da Apple
Ver artigo

Recentemente, a popular ferramenta de benchmark AnTuTu decidiu revelar o seu parecer em relação ao desempenho do iPhone SE 2020 para saciar a curiosidade dos utilizadores que estavam à espera de ver como se compara o novo smartphone em relação aos restantes modelos da Apple.

O iPhone SE 2020 conseguiu alcançar uma pontuação de 492.166 no ranking da AnTuTu. A nível de desempenho, o novo equipamento ultrapassa a pontuação de 443.337 do iPhone XS Max, um smartphone lançado em 2018 e que custa quase o dobro do preço do iPhone SE 2020. No entanto, a segunda geração do iPhone SE não consegue ultrapassar os mais recentes modelos topo de gama da empresa da maçã.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.