A Motorola convocou a imprensa e em vez de apresentar apenas uma versão renovada dos seus smartphones de referência, o Moto G e o Moto X, acabou por apresentar mais duas versões distintas do seu modelo topo de gama. A personalização dos dispositivos continua a ser um dos grandes destaques, mas a marca mantém-se bastante agressiva nos preços.

Moto G
A terceira geração do Moto G traz também dois modelos distintos, que permitem à marca da Lenovo atacar um maior número de consumidores e respetivas exigências. O modelo de entrada de gama tem um ecrã de cinco polegadas e resolução HD, processador de quatro núcleos, 1GB de RAM e 8GB de armazenamento interno.

O sensor fotográfico também foi melhorado e apresenta-se agora com 13 megapíxeis na câmara traseira, contra os oito megapíxeis do modelo até aqui comercializado. A conectividade 4G está assegurada, assim como uma bateria 20% maior.

A grande novidade é a possibilidade de costumização nos materiais de construção através do programa Moto Maker - não está disponível em Portugal - e o facto de o dispositivo ser resistente à água, podendo ser submerso até 30 minutos. O preço está fixado nos 180 dólares, cerca de 165 euros.

Há uma segunda versão do Moto G que é igual em todos os aspetos referidos, exceto na memória RAM que é de 2GB e na quantidade de armazenamento que é de 16GB. Para esta versão o preço será de 219,99 dólares, o equivalente a 199 euros.

Moto X: Style, Pure e Play
O smartphone topo de gama surge agora em três edições distintas, sucessores diretos da versão de 2014. O Moto X Style passa a ser a referência da tecnológica, sendo aquele que apresenta as melhores especificações.

Ecrã de 5,7 polegadas com resolução de 2.560x1.440 píxeis, processdor de seis núcleos a 1,8Ghz, 3GB de RAM, 16GB de armazenamento interno e sensor fotográfico de 21 megapíxeis. A área da fotografia que nunca foi um dos grandes focos da Motorola recebe aqui uma melhoria importante e a tecnológica diz mesmo que os seus dispositivo serão “os melhores da sua classe”.

O dispositivo destaca-se ainda por ter 76% da sua parte frontal ocupada pelo ecrã, o que se traduz em margens reduzidas e num aspeto aparentemente mais pequeno do que as medidas que apresenta. O preço do dispositivo será de 399 dólares, cerca de 360 euros.

O Moto X Style tem ainda uma versão “Pure” que se caracteriza pelo facto de vir com o Android Lollipop original, sem qualquer personalização. Uma alternativa que interessará sobretudo aos puristas do sistema operativo da Google.

Resta referir o Moto X Play, uma versão alternativa e que tenta responder a outro tipo de público: o ecrã é mais pequeno, tem 5,5 polegadas, e a resolução fica-se pelo Full HD. O processador é de oito núcleos a 2,0Ghz e a memória RAM é de 2GB. Tem ainda um sensor fotográfico de 21 megapíxeis e uma bateria de 3.600mAh, que de acordo com a marca será suficiente para dois dias de utilização.

No Reino Unido o dispositivo vai custar 299 libras, cerca de 425 euros, e de acordo com a imprensa internacional deverá também chegar a outros mercados europeus.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.