Os meses de maio e julho foram positivos para a Huawei que confirmou ter atingido o primeiro lugar nas vendas de telemóveis em Portugal, uma posição disputada taco a taco com a Samsung nos últimos trimestres. Tiago Flores, responsável pela área mobile da Huawei em Portugal, confirmou ao SAPO TEK o bom desempenho da marca no mercado nacional e revelou expectativas elevadas para os novos modelos que a Huawei vai colocar no mercado já a partir de setembro, com o Huawei Mate 20 Lite, mas também com o novo Mate 20 que será lançado em outubro.

“Antecipámos o lançamento do Mate 20 Lite e decidimos colocar nesta gama uma grande autonomia, ecrãs de grades dimensões e um processador com inteligência artificial”, explicou Tiago Flores em entrevista na IFA 2018.

O segmento de produtos com preços entre os 300 e os 400 euros, onde a Huawei já tem o P20 Lite e agora o Mate 20 Lite, mas também a linha P Smart e vários equipamentos da sub marca Honor, é uma das mais relevantes para os números de vendas de telemóveis em Portugal, em termos de volume.

“É um segmento que em Portugal cresce acima dos 50%, com os consumidores a fazerem upgrade das séries de entrada para a gama média […]  a Huawei tem registado uma performance fantástica neste segmento. Fomos líderes de mercado em maio e em julho, em volume, e a gama média tem ajudado a este posicionamento, e também a premium”, adianta, justificando que na gama média a Huawei está a crescer acima dos 50% e mantém quotas de mercado acima dos 40%.

Tiago Flores defende que o Mate 20 Lite vai fortalecer esta gama de equipamentos, mas a expectativa para o Mate 20, que será lançado a 16 de outubro de 2018, é também elevada, sobretudo porque a linha P já cresceu 130% em relação a 2017, com o Huawei P20. “O novo Mate vai dar mais robustez à nossa gama premium com características de performance de excelência”, justifica.

As pré-encomendas do Mate 20 Lite já começaram no dia 30 de agosto e prolongam-se até dia 13de setembro, com uma oferta de auscultadores com cancelamento de ruído. “Acreditamos que conseguimos trazer para segmentos médios tecnologia muito robusta, avançada, com excelente design, excelente câmara e performance de bateria”, afirmou o gestor de produto

“A Inteligência Artificial é sem dúvida um dos elementos de diferenciação da Huawei, onde demos os primeiros passos e queremos continuar a ser a marca de referência na IA e a vem solidificar o que prometemos ao consumidor, com a ‘meaningful inovation’. Como é que isso se concretiza: com uma plataforma de inteligência artificial baseada no chipset e cloud IA”, explicou Tiago Flores realçando a importância do lançamento do novo processador Kirin 980, a segunda geração de tecnologia com IA da Huawei. “A nova série Mate vai trazer uma nova experiência aos utilizadores com a inteligência artificial na fotografia, mas sobretudo no vídeo e o que já vimos é impressionante”, justifica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.