N1, N7 e N10 são os novos smartphones de "segmento B" da NOA, mas com características e design presentes em dispositivos de "qualidade A". A fabricante mostrou em Barcelona que aposta na satisfação do consumidor através do seu serviço de reparação rápida e o programa NOA Premium Care, que garante cobertura de danos por negligência, roubo ou desastres naturais por um período de um ano. Todos os aparelhos utilizam o sistema operativo Android 8.0.

O NOA N10 é o topo de gama da empresa e apresenta um ecrã de 6,2 polegadas com o já típico notch introduzido pelo iPhone X, capaz de oferecer imagens em 18:9. O smartphone tem uma câmara frontal de 16MP, suportando identificação facial. Na traseira, pode encontrar uma câmara dupla de 16MP alimentada pelo novo sensor IMX499 da Sony, suportada por tecnologia de “oversampling” capaz de gerar fotos com qualidade de até 80MP.

O dispositivo apresenta um processador de oito núcleos MT 6764 a 2,3 GHz, 4 GB de RAM e 64 GM de capacidade de armazenamento interno, expansível até 128 GB através de cartão de memória. O N10 é alimentado por uma bateria de 3.600 mAh. A fabricante adicionou um toque extra no design, introduzindo tampas em cerâmica, tanto no modelo N10, como no N7.

O modelo N7 partilha as mesmas características no que diz respeito à câmara fotográfica do seu congénere N10, modificada apenas com o sensor IMX298 da Sony. Este modelo pretende agradar aos amantes da música graças ao sistema de som avançado DTS. O seu processador é mais modesto que o N10 e baseia-se na solução de oito núcleos MT6750 a 1,5 GHz. Embora o seu ecrã de 5,7 polegadas garanta imagens panorâmicas a 18:9, a resolução fica-se pelos 1440x720. O aparelho tem uma bateria de 3.300 mAh, 4 GB de RAM e 64 GB da memória expansível com cartão.

MWC18: Asus desvenda ZenFone 5 e vai ter três versões com inteligência artificial
MWC18: Asus desvenda ZenFone 5 e vai ter três versões com inteligência artificial
Ver artigo

Por fim, a NOA mostrou o seu dispositivo de entrada, o N1, com características mais modestas e disponíveis em diferentes cores. Mantém o sistema de câmara dupla na traseira, de 13 MP e 5 MP, e uma câmara frontal para selfies de 5 MP, suportando igualmente identificação facial para desbloquear o smartphone. O ecrã de 5,5 polegadas garante imagens a 18:9, mas a resolução é de 1440x720. A memória fica-se pelos 2 GB de RAM e 16 GB de memória interna, expansível até 64 GB através de cartão. Os utilizadores podem optar por utilizar um segundo SIM no mesmo leitor do cartão de memória. A bateria tem uma capacidade de 3.000 mAh.

O modelo N10 será lançado ainda no início deste ano a um preço de 300 euros. Já os modelos N1 e N7 chegam no final de abril, custando 150 euros e 250 euros, respetivamente.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.