A taxa de adoção de telemóveis tem aumentado nos adolescentes norte-americanos com idades compreendidas entre os 12 e os 15 anos, sobretudo no segmento dos smartphones. Ao todo, 78% dos jovens dos EUA têm um telemóvel e destes, 47% possuem smartphones.

Segundo as contas do Pew Research, os valores apresentados significam que 37% de todos os adolescentes norte-americanos tinham um smartphone em 2012, número superior aos 23% registados em 2011.

O maior número de dispositivos inteligentes está a alterar a forma de comportamento dos adolescentes, já que 25% dos jovens acedem à Internet na quase totalidade das vezes através dos telemóveis. O número aumenta para os 74% quando o acesso à Internet é feito através de dispositivos móveis de forma ocasional.

Estes números são explicados ao Mashable por uma investigadora do Pew, Mary Madden, pelo facto de os smartphones serem um equipamento pessoal, ao contrário dos computadores e tablets que muitas vezes são partilhados com os restantes membros da família e significam menor privacidade.

A justificação é suportada pelos 71% de jovens que disseram ter acesso a um computador em casa, e que o mais usado por eles, é também aquele que é partilhado pelos restantes membros do agregado familiar. Quando os investigadores perguntaram aos adolescentes se tinham um computador ou acesso a um em casa, as respostas positivas totalizaram 93 pontos percentuais - um valor que se tem mantido estável ao longo dos últimos anos.

A investigação concluiu ainda que 23% dos adolescentes têm um tablet, um valor que é semelhante ao da população adulta.

O estudo é baseado em inquéritos realizados a 802 pais e 802 dos respetivos filhos, numa amostra representativa da população norte-americana, entre 26 de julho e 30 de setembro de 2012, por via telefónica.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.