Em abril, a One Plus deu a conhecer ao mundo a sua mais recente linha de smartphones. Além de demonstrarem a aposta “em força” da marca chinesa no 5G, os One Plus 8 e 8 Pro chegam ao mercado com novas funcionalidades nas câmaras e no ecrã. Os especialistas da iFixit decidiram pôr o modelo Pro à prova e descobriram que, apesar de se afirmar como um "flagship killer", o smartphone não é tão reparável quanto se esperava.

Embora seja o primeiro smartphone da One Plus a contar com a certificação IP68, assegurando uma proteção à prova de água e pó, a construção do equipamento é semelhante à dos modelos anteriores da marca. Os especialistas da iFixit conseguiram separar facilmente a parte traseira do smartphone uma vez que não existem “armadilhas” com cabos, notando ainda que existe uma camada de isolamento extra que poderá ajudar a garantir a eficiência do carregamento wireless.

Ao abrir o smartphone, os peritos depararam-se logo com uma bobine dourada de carregamento sem fios. Depois de removerem alguns parafusos, o componente foi retirado sem dificuldades. Mas para chegar à motherboard o processo revelou-se um pouco mais complicado, pois foi necessário remover primeiro o conjunto de câmaras traseiras.

É verdade que as baterias dos mais recentes smartphones da One Plus perderam a sua característica cor vermelha, mas continuam a incluir uma aba que promete ajudar a sua remoção. A iFixit notou que a configuração pode levar a que a bateria fique dobrada ao ser retirada com demasiada força. No entanto, os cabos que ficam por baixo do componente estão bem protegidos, evitando eventuais acidentes no processo de remoção.

Os problemas chegaram na altura em que os especialistas passaram para o ecrã do One Plus 8 Pro. O display de 6,78 polegadas e taxa de refrescamento de 120 Hz está colado à estrutura do smartphone é quase impossível removê-lo sem causar alguns estragos.

OnePlus está "all in" 5G com os novos topo de gama OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro
OnePlus está "all in" 5G com os novos topo de gama OnePlus 8 e OnePlus 8 Pro
Ver artigo

Depois da “autópsia” do One Plus 8 Pro, os técnicos concentraram as suas atenções no terminal de carregamento wireless do smartphone. Chegar ao interior do equipamento foi mais difícil do que os especialistas estavam à espera devido à grande quantidade de adesivo forte que prende os painéis traseiros. A iFixit notou que o terminal não está construído para ser reparado facilmente.

Pontuação de reparabilidade do One Plus 8 Pro
créditos: iFixit

Ao todo, o novo One Plus 8 Pro conseguiu atingir uma pontuação de 4 em 10 na escala de reparabilidade da iFixit. Embora a configuração da bateria permita um processo de substituição mais fácil e a vasta maioria dos componentes seja modular, a grande quantidade de adesivo resistente na traseira do smartphone e o facto de o ecrã estar colado à estrutura do equipamento acabam por ter um forte impacto negativo na reparabilidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.