A tendência dos smartphones dobráveis vão certamente marcar 2019, e depois da Royole ter lançado o primeiro modelo, a Samsung prepara-se também para apresentar a sua visão da tecnologia. A Xiaomi era outra fabricante que, segundo rumores, estaria a trabalhar num equipamento dobrável, e foi exatamente isso que o seu presidente Lin Bin confirmou através de um vídeo partilhado na rede social chinesa Weibo.

No vídeo é possível ver o executivo a interagir com um tablet, a ver vídeos, e a dado momento dobra as suas extremidades, dividindo-o em três partes, transformando-o num smartphone. Toda a interface e a imagem do ecrã adaptou-se automaticamente, ocupando apenas a parte frontal.

A acompanhar o vídeo, Lin Bin deixou uma mensagem referindo que este híbrido de smartphone e tablet é o resultado de grandes desafios técnicos na tecnologia de ecrãs dobráveis. No entanto, este equipamento ainda é um protótipo, considerando a sua fabricação em série, caso o feedback online dos consumidores seja positivo.

A Royole tem um telemóvel que se pode dobrar. E há uma versão para programadores
A Royole tem um telemóvel que se pode dobrar. E há uma versão para programadores
Ver artigo

Segundo é referido, a fabricante tem dois nomes possíveis para o protótipo: Mi Dual Flex e Mi Mix Flex, deixando a porta aberta a sugestões. De notar o seu botão de ligar no topo, ao centro do dispositivo, quando está em modo paisagem, para manter-se sempre acessível, independente do seu formato.

Mi Dual Flex ou Mi Mix Flex. Qual é o nome que lhe assenta melhor?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.