Tal como certos rumores já sugeriam, a Motorola apresentou oficialmente esta quarta-feira um novo RAZR, a linha de smartphones que a colocou no topo da indústria e que passa a contar com um novo modelo dobrável. Ao contrário do que acontece nos outros já lançados, este equipamento quando é dobrado encaixa-se, além de poder continuar a ser utilizado num ecrã mais pequeno. Nos Estados Unidos o preço vai rondar os 1.500 dólares.

Depois de ter sido muito discreta relativamente ao smartphone, a empresa, e pelo menos até ao momento, ainda não divulgou no site oficial um comunicado sobre as especificidades do modelo. Ainda assim, mostrou um pouco do Motorola RAZR na sua conta de Twitter.

De acordo com as informações já divulgadas pelos jornalistas convidados para o evento da apresentação e pelo próprio vídeo publicado na rede social sabemos que o modelo tem um ecrã dobrável de 6,2 polegadas, uma câmara dupla de 16 MP, frontal e traseira, e 5 MP, no caso da interior. Veja a galeria de fotos para perceber a aposta da empresa.

Quando encaixado, e com uma menor dimensão, o smartphone pode ser utilizado de diferentes formas. No ecrã exterior mais pequeno, de 2,7 polegadas, pode ver as horas ou a bateria e receber notificações. Apesar de não poder escrever mensagens nesse ecrã poderá sempre responder através de áudios que serão transformados em texto ou avaliar o seu aspeto nas selfies.

Quanto à bateria, diferencia-se bastante dos 4.380 mAh do Galaxy Fold, que poderá ser lançado em Portugal no próximo dia 26 de novembro. Com duas baterias em cada lado, o smartphone conta com 2.500 mAh e a Motorola diz que consegue durar um dia. Com o processador Qualcomm Snapdragon 710, o sistema operativo do smartphone ainda é o Android 9 Pie, que será depois atualizado para o Android 10. 6GB de RAM e 128 GB de armazenamento são outras características do RAZR.

Motorola RAZR Motorola RAZR

No que diz respeito a datas de lançamento, a CNET adianta que o modelo pode começar a ser reservado nalguns países europeus no início de dezembro, devendo ser vendido a partir de janeiro. Embora a  empresa não tenha anunciado datas específicas, nos Estados Unidos a situação deverá ser semelhante, com a Austrália, Argentina, México, Brasil e algumas regiões asiáticas a no futuro fazerem também parte do mercado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.