O preço médio de compra dos smartphones em Portugal subiu no segundo trimestre de 2022 para os 365 euros, números que acompanham um crescimento de vendas, segundo dados da IDC.

As vendas aumentaram 12,1% entre abril e junho de 2022, acima da média europeia, com a entrega de 630.490 unidades de smartphones. A Samsung manteve a liderança do mercado com 39,6% das vendas, seguida da Xiaomi com 30,8% e da Apple com 15%. 

O adiamento da decisão de compra pode ser um dos fatores que justifica a tendência, mas também a atualização para o 5G.

"O mercado português sofreu bastante na pandemia. Muitas pessoas colocaram em espera a decisão de comprar um smartphone e estão agora a recuperar [...] a tendência de transição para o 5G também é um fator de crescimento", explicou ao SAPO TEK Francisco Jerónimo, vice-presidente de Data & Analytics da IDC Europa.

O certo é que também os preços estão a aumentar. O novo iPhone 14, que chega esta semana às lojas, é 100 euros mais caro do que o iPhone 13, e outras fabricantes podem seguir a tendência de aumentar o preço dos smartphones.

Mas será que os consumidores estão dispostos a pagar? Perguntámos aos leitores do SAPO TEK quanto estariam dispostos a pagar por um novo smartphone, indicando intervalos de preços que vão de menos de 300 euros a mais de 1.500 reservados para os topo de gama "ultra" artilhados ou dobráveis, e a resposta foi clara.

Snapdragon 8+ Gen 1 domina a lista dos smartphones mais poderosos de agosto
Snapdragon 8+ Gen 1 domina a lista dos smartphones mais poderosos de agosto
Ver artigo

A larga maioria dos leitores não estão dispostos a pagar mais de 300 euros para comprar o seu próximo smartphone. São 51% das respostas e mais de 4.100 votos. A segunda opção mais votada foi no intervalo dos 300 a 500 euros, com 19% dos votos, seguindo-se os que ainda consideram pagar entre 500 e 800 euros, com 10% dos votos.

A mesma percentagem, 8% dos leitores, indicam que gastariam entre 800 e 1.000 euros e entre 1.000 e 1.500 euros, o que ainda corresponde a quase 1.300 leitores que responderam a este questionário.

Só 4% mostram disponibilidade para  gastar mais de 1.500 euros.

Veja os resultados completos:

Votação SAPO TEK

Entretanto já temos uma nova votação a decorrer que pergunta se é justificado o aumento de preço dos novos iPhones. Participe também !

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.