Depois de anunciar os resultados finaceiros positivos em plena pandemia de COVID-19, a Xiaomi dá a conhecer uma das suas apostas para 2021: um smartphone com câmara escondida debaixo do ecrã. Depois de duas gerações a trabalhar na tecnologia sem utilização comercial, desta vez a empresa chinesa garante que está a preparar a produção em massa para o próximo ano, mostrando de que forma vai funcionar em sistema.

No final do ano passado, a Oppo e a Xiaomi já tinham revelado em vídeo smartphones com uma câmara "escondida" por baixo do ecrã. Da primeira geração da tecnologia, que não chegou a sair do laboratório, até à segunda geração que foi oficialmente apresentada ao público, a Xiaomi garante que nunca parou de explorar este sistema. Nesta terceira geração, a empresa refere que "melhorou bastante" o efeito "full-screen" da câmara, nomeadamente através da otimização do seu algoritmo. Isso, garante, permite que o sensor tenha o mesmo desempenho que as câmaras frontais tradicionais.

Xiaomi
3ª geração da tecnologia da câmara por baixo do ecrã do smartphone da Xiaomi

A Xiaomi explica agora que este tipo de descobertas permitiu à empresa melhorar a tecnologia e a incentivasse a produzir em massa já no próximo ano. A tecnológica garante que duplicou o número de pixeis horizontais e verticais, alcançando a mesma densidade de pixeis em torno da câmara como em toda a área do ecrã.

Estas e outras atualizações levam a Xiaomi a afirmar que a câmara oferece "uma experiência fotográfica totalmente atualizada, combinada com o desempenho de fotografias das câmaras frontais convencionais".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.