Portugal é o país que estreia o lançamento dos novos modelos da série 10 da TCL que o SAPO TEK já tinha conhecido na CES 2020, embora na altura as características estivessem ainda no segredo dos deuses. Os novos modelos TCL 10 Pro e 10L vão estar à venda a partir de hoje no mercado aberto, apostando numa estratégia sobretudo online, e as expectativas são positivas depois do sucesso do TCL Plex, como explicou ao SAPO TEK Patricia Cavalheiro Dias, responsável da TCL em Portugal.

“A marca da TCL nos smartphones é ainda nova mas soma a experiência que a empresa tem em várias gamas de produtos”, como sublinhou hoje Stefan Streit, Director Geral de Marketing Global da TCL Communication, numa webcall com jornalistas a partir da China. As home applicances, smart home, áudio e vídeo complementam o ecossistema da TCL que tem como vantagem estratégia o know how no fabrico de displays para TV e que tem apostado numa estratégia de integração da inteligência artificial e do IoT, com a conetividade integrada entre todos os produtos.

TCL vai reforçar a gama de smartphones com novos modelos. Flexíveis só quando o mercado estiver mais maduro
TCL vai reforçar a gama de smartphones com novos modelos. Flexíveis só quando o mercado estiver mais maduro
Ver artigo

Na nova linha de smartphones a TCL aposta em três modelos, que começam agora a ser comercializados na Europa, sendo Portugal o país que estreia o TCL 10 Pro e o TCL 10L, à semelhança do que já aconteceu com o TCL Plex, o primeiro smartphone em “nome próprio” da marca que foi lançado no final de 2019.  Sem adiantar números, Patrícia Cavalheiro Dias afirma que este lançamento foi bem sucedido e ultrapassou expectativas, o que justifica que Portugal volte a ser o país de estreia deste lançamento, que foi anunciado primeiro nos Estados Unidos durante a CES e que deveria ser o porta estandarte da marca no Mobile World Congress 2020, se o evento não fosse cancelado.

10 Pro um topo de gama a preço "médio"

O TCL 10 Pro é sem dúvida o smartphone que mais se destaca no lançamento dos novos produtos. É o primeiro com ecrã AMOLED e leitor de impressão no ecrã, quatro câmaras traseiras e integração de tecnologia avançada para fotografia e vídeo, como a câmara de vídeo super low light, estabilização e foco do zoom a salientarem-se entre as características de um telemóvel que mantém a filosofia de preço acessível da marca. O TCL 10 Pro vai custar 499 euros quando outros equipamentos com o mesmo “pacote” de características sobem facilmente acima dos 800 euros.

O novo smartphone de topo de gama da TCL traz a tecnologia NXTVision da marca que aposta na melhoria das cores e contraste em tempo real, destacando-se também no ecrã AMOLED e permitindo por software a conversão de vídeos SDR para HDR em tempo real. Tem também a certificação HDR + da Netflix, o que é uma característica bem vinda para quem usa os smartphones para ver vídeos e séries em streaming.

O ecrã AMOLD de 6,47 polegadas é curvo e tem um aproveitamento alargado do display frontal, com a imagem a estende-se aos limites e uma moldura mínima, uma filosofia de design que tem sido adoptada pelas principais marcas.

O sensor de impressão digital sob o ecrã e a utilização de um sistema de quatro câmaras traseiras, incluindo uma câmara principal de alta resolução de 64MP, uma câmara de vídeo de 2,9μm big pixel para baixa luminosidade, uma câmara com lente super grande angular de 123 graus e uma câmara macro para fotografias até 2cm de distância, somada à câmara frontal com 24MP, completam a lista de características.

Nem todas estas tecnologias vão estar disponíveis no TCL 10 5G  já que isso iria encarecer o produto que a TCL faz questão de manter abaixo dos 500 euros, para trazer para o mercado um smartphone 5G a preços acessíveis, como explicou Stefan Streit.

TCL 10L vem massificar a tecnologia NXTVision

A versão "leve" da série 10 da TCL integra muitos dos recursos que foram colocados no TCL 10 Pro, mas para uma gama de preços abaixo dos 280 euros. O ecrã de 6,53 polegadas tem uma moldura maior do que o 10 Pro e em vez de AMOLED aposta no FHD+. O leitor de impressão digital é remetido para a traseira do equipamento, onde está também o sistema de quatro câmaras traseiras, mas de características mais modestas do que o "irmão mais velho".

A câmara de selfie também tem um sensor mais reduzido, com 16 MP, mas tem tecnologia de inteligência artificial para reconhecer e melhorar cenários e objetos. Pode ainda contar com a possibilidade de vídeo Stop Motion e mais possibilidades de edição de imagem.

Os novos TCL 10L estão disponíveis a partir de hoje em duas cores, artic white e mariana blue, com um preço de venda a público de 279 euros.

TCL 10 5G chega no segundo semestre

O modelo 5G da série TCL 10 só vai chegar às lojas no segundo semestre mas o novo smartphone tem sido destacado pelo posicionamento de preço abaixo dos 500 euros, que pretende massificar a tecnologia 5G.

"Vemos o TCL 10 5G como 'o telefone 5G das pessoas' [...] O que tentamos é trazer a tecnologia a preços acessíveis", explica Stefan Streit. Apesar de reconhecer o atraso no lançamento de redes 5G, ainda mais com a pandemia de COVID-19, o responsável de marketing da europa destaca que a TCL está pronta para lançar o telefone, e que vai também apostar neste modelo no lançamento nos Estados Unidos, com dois operadores, que não revela quais são.

Stefan Streit defende que este é um modelo muito importante para a indústria e para a TCL, mas explica as opções de características, que ficam abaixo do TCL 10 Pro em termos de chipset e de tecnologia de ecrã. A opção foi por usar o mesmo display que o 10L, até porque se apostasse nos mesmos "specs" que o novo topo de gama o preço ficaria acima dos 500 euros, o que não segue a linha estratégica e posicionamento da empresa no mercado.

Novos conceitos de dobráveis e o project Archery

O SAPO TEK tem acompanhado a evolução dos protótipos de modelos dobráveis da TCL e ainda no início de março mostrámos as novas propostas anunciadas, que Stefan Streit voltou a mostrar hoje na Webcall com jornalistas.

"Não queremos ser os primeiros no mercado dos dobráveis [...] queremos mais maturidade da tecnologia, de produto e numa gama de preços acessíveis", reforçou hoje o responsável de marketing da empresa na Europa, destacando que "não queremos ter o consumidor como beta testers e a ter que pagar por isso".

Para já a empresa tem três dezenas propostas em cima da mesa, algumas das quais mais evoluídas, como o conceito tri-fold, que dobra três vezes um dispositivo do tamanho de um tablet de 10 polegadas, e o de ecrã enrolável, de que o SAPO TEK já falou.

São ainda propostas, e estão a ser testadas internamente, pelo que só devem chegar ao mercado no início do próximo ano, embora Stefan Streit não se tenha comprometido com nenhuma data. "Há ainda desafios do mercado como vemos nas propostas de outras marcas", lembra.

Ainda para este ano a TCL tem outras propostas no seu alinhamento de produtos, como um router 5G e auriculares sem fios, que devem chegar às lojas em junho, e poderá haver lançamento também de novos smartphones.

"Este é o início de um portfólio TCL, antes do final do ano vai haver mais equipamentos", prometeu Stefan Streit em resposta ao SAPO TEK.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação e fotografias.  Última atualização 14h47

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.